Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

VOST PT

Share it:


VOST Portugal - Virtual Operations Support Team Portugal
Voluntários Digitais em Situações de Emergência



Memorando


Neste documento pretendemos dar a conhecer a estrutura, missão, equipa e objectivos da VOST Portugal, em como o conceito que esteve na génese da criação destas equipas a nível mundial, e o modelo europeu.


Pretendemos ser uma equipa de suporte que reúne competências da sociedade civil, desde académicos de várias áreas, meteorologistas amadores, profissionais de certos tão diversos como as relações públicas à saúde e que têm em comum a presença e a actividade nas redes sociais e a rede de contatos que possuem, colocando-a ao dispor da comunidade.

A nossa missão

Os VOST Portugal têm como missão primária difundir nas redes sociais as comunicações das entidades oficiais, e de ajudar todos os afectados directa ou indirectamente por uma catástrofe natural, com a partilha de informação válida e validada por fontes externas e actualizada sempre que assim se justifica. 

As redes sociais são hoje um canal privilegiado para milhões de Portugueses, tendo existido uma mudança de paradigma: é nas redes sociais que, actualmente, vão procurar informação, que depois passam por canais tradicionais aos seus familiares, amigos, vizinhos, que por sua vez amplificam essas mensagens. 

Pretendemos ser um aliado natural da Protecção Civil, forças de segurança, e de todas as outras instituições envolvidas em caso de fenómenos meteorológicos adversos (FMA), para que as mensagens mais importantes sejam transmitidas e de uma forma clara, actualizada ao minuto, e com um tom de comunicação que faça essas mensagens serem partilhadas nas redes. 

Não salvamos vidas no terreno, mas damos paz, segurança, tranquilidade, e conselhos que podem salvar vidas, sempre com sentido de responsabilidade, sempre com a única intenção de ajudar o próximo. 


Como surgem os VOSG / VOST

Num mundo em mudança, as formas de agir e actuar perante catástrofes, naturais ou provocadas, foram sendo alteradas. Nos últimos anos, surgem em vários países um conjunto de pessoas que pretendem ajudar a comunidade dentro dos princípios acima enumerados, nas redes sociais. A sua importância é de tal ordem que são as entidades oficiais, como a Associação Europeia do Número de Emergência (112) que edita uma publicação (http://www.eena.org/publications/vost-teams#.W9BHcmhKids) sobre o conceito e com casos de estudo de sucesso, seja em atos de terrorismo seja em incidentes meteorológicos.

A VOSG (https://vosg.us/active-vosts/) está disseminada por todo o mundo, mas devemos referir, em especial a evolução, motivada pelos fenómenos extremos e atentados, da VOST Europe (https://www.vosteurope.eu/) e o estado avançado de desenvolvimento da VOST em Espanha, tendo neste momento tal desenvolvimento e apoio cívil que existe um grupo VOST em cada província, tendo já granjeado, em pouco tempo, o apoio público e das entidades oficiais de tal maneira que ganhou uma medalha de mérito civil por colaboração com a Proteção Civil Espanhola. 


Como surge a VOST Portugal?


Poderíamos dizer que tudo começou por um hashtag. #Monchique . A consciência que tudo estava por fazer neste domínio começa com os incêndios de 15-Outubro. Mas este ano, rês pessoas, que nem sequer se seguiam na rede social Twitter, estavam a seguir os incêndios em #Monchique, e a disseminar a informação que iam recolhendo quer nas redes sociais, órgãos de comunicação social (OCS), e no terreno através dos contactos que tinham. Cedo perceberam que três pessoas a compilar, validar, e transmitir informação tinham mais capacidade do que cada uma individualmente, e de uma maneira orgânica nasceu a base do que é hoje os VOST Portugal. Nesta altura, com o Algarve cheio de pessoas, muitas eram as mensagens de pessoas que queriam saber se o fogo tinha chegado à localidade X, se ia chegar à localidade Y, se era possível saber que estradas estavam cortadas, se era necessária ajuda, se era seguro ir do ponto A ao ponto B. Um engenheiro, um empresário, e um estudante de informática que é também um meteorologista amador, a todos tentaram responder, procurando a informação, usando os seus contactos pessoais com as autoridades no terreno, grupos de Facebook, fóruns específicos na Internet, usando afinal a rede de boa vontade que existe sempre que existem desastres de grandes dimensões.

Com o Leslie, tudo explodiu: no Twitter, crescemos de 400 para 7000 seguidores no espaço de uma semana e no fim de semana do Leslie, tivémos 1.8 milhões de visualizações na conta Twitter durante o período do Leslie 

Mais do que digitais, conseguimos ter Impacto real na colaboração com a população, seja em termos virtuais, como a coordenação de esforços com a conta da GNR no Twitter, e via o nosso sistema de gestão de informação em backoffice, para dar seguimento operacional a avisos) mas igualmente no terreno, com o envio de um voluntário no terreno para responder a uma situação e contacto com as autoridades no local para resolver outros casos. 



Objectivos



A VOST Portugal tem por objectivos principais 


Disseminação da informação das entidades oficiais em casos de emergência, acontecimentos graves (atentados) e fenómenos meteorológicos adversos 

Monitorizar as redes sociais para, se assim se justificar, parar boatos que podem colocar vidas em risco 

Validar informação recebida com as entidades oficiais no terreno, para publicação nos seus canais digitais 

Servir como canal de comunicação entre a população e as autoridades oficiais, e os principais players de infraestruturas críticas em Portugal (ANPC, IPMA, forças de segurança, bombeiros, grupos de voluntários no terreno, EDP Distribuição, empresas de telecomunicações, águas e outras estruturas essenciais à vida e segurança) 

Somos também um veículo natural para reportar situações, pois o capital de confiança adquirido pelo nosso desempenho, e o tom próximo com que comunicamos, faz com que os nossos seguidores nos vejam como um amigo a quem podem pedir ajuda, muitas vezes em caso de desespero depois de tentativa de contacto com os canais oficiais. 

Protocolos de Cooperação

A VOST Portugal encontra-se disponível para estabelecer protocolos de cooperação com todas as entidades que assim o desejem. Estes protocolos de cooperação têm na sua génese fazer cumprir os objectivos da VOST Portugal e, acima de tudo, criar os canais de comunicação internos para que, em situações de emergência - que são por definição bastante dinâmicos - a informação possa chegar às populações afectadas quase em tempo real. 

Pretendemos também colaborar com entidades municipais ou supramunicipais que pretendam rever documentos de emergência, adaptando-os para as novas opções de contacto com a população.

Estes protocolos de cooperação são acompanhados por uma vertente técnica de formação, se necessário, dos responsáveis locais que serão responsáveis pela comunicação com a VOST Portugal em caso de emergência. 

Podem acompanhar através do Facebook, Twitter, e Instagram
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: