Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

NordVPN foi atacada

NordVPN foi atacada
Share it:
As VPNs supostamente servem para nos ajudar a proteger, ou pelo menos, a nossa privacidade online.

NordVPN foi atacada

Mas nem estas estão livres de serem alvo de ataques e exemplo disso foi a NordVPN, uma VPN que é considerada das melhores.

Após vários rumores, a empresa confirmou mesmo o sucedido

Vê o que é para que serve uma VPN 

ITO - NET Things: VPN - Conceitos e utilização

Uma VPN pode ser de extrema utilidade. Vamos conhecer um pouco quais os conceitos e os fins da utilização de uma VPN. Nos termos mais simples, uma VPN é usada para criar uma conexão segura e encriptada, que pode ser considerada como um túnel, entre o teu computador e um servidor operado pelo serviço VPN.

O primeiro rumor fala numa falha interna exposta que permitia qualquer pessoa usasse os servidores da NordVPN como fosse a própria NordVPN e assim poderia retirar todas as informações que por ali passassem.

Lembro que as VPNs são utilizadas por imensas pessoas com dados sensíveis, muitas vezes jornalistas com investigações daquelas "complicadas".

A NordVPN era conhecida por ser uma VPN com a politica de "zero logs", isto é, não fazem monitorização, não guardam nem partilham dados dos clientes, basicamente não ficam com informação nenhuma.

Só que após este ataque, isso pode não ser bem assim, a ver vamos.

Segundo a Nord VPN em Março de 2018 teve um acesso não autorizado aos servidores da Finlândia, onde o hacker andou uns tempos sem ser detectado. Só alguns meses atrás é que foi descoberto

A empresa tinha um sistema de detecção de pessoas não autorizadas, mas que não foi eficaz neste aspecto.

Este acesso não autorizado ainda continua a ser investigado e não se sabe quais as reais consequências.

Relembro que a NordVPN foi diversas vezes nomeada como a melhor VPN do mercado.

Pelos vistos não estamos seguros de maneira nenhuma.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: