Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

O que é Traffic Shaping? O bloqueio das operadoras falado por aí...

O que é Traffic Shaping?
Share it:
Muito se tem falado da limitação de velocidade por parte das operadoras por estes dias, mas isso tem um nome que é "Traffic Shaping".

Traffic Shapping

Vamos tentar neste artigo, explicar o que é, a legalidade e formas de o contornar.

O que é Traffic Shapping?


Traffic shaping é um termo da língua inglesa utilizado para definir a prática de suposta prioridade do tráfego de dados, através do condicionamento do débito de redes, a fim de optimizar o uso da largura de banda disponível.

Por outras palavras, o traffic shaping é um mecanismo usado pelos operadores para gerir o tráfego de Internet, que pode passar pela aplicação de restrições ao tráfego e à velocidade contratados.

O termo passou a ser mais conhecido e utilizado após o aparecimento do VOIP e IPTV, e outras tecnologias similares.

E porquê o VOIP ou IPTV? Porque muitas vezes as operadoras limitam a velocidade de internet quando na realidade estás a usar serviços que contêm determinados atributos não desejados pelo gestor da rede, assim prejudicando a qualidade do uso deste tipo de serviço.

Esta prática também é muitas vezes utilizada para influenciar determinados tipos de serviços, conhecidos por utilizar bastante da largura de banda, como os de transferência de arquivos P2P e FTP,  ou de "streaming".

Os programas de traffic shaping poderão ainda fazer logs dos tipos de utilizadores, guardar informações sobre IPs acedidos, activar gravações automáticas a partir de determinadas condutas, reduzir ou interferir na transferência de dados de cada utilizador, bloqueando redes peer-to-peer (P2P) ou FTP.

O Traffic Shaping é Legal?


As medidas de gestão de tráfego (onde se inclui o traffic shaping) devem ter por objetivo assegurar uma utilização eficaz dos recursos da rede, contribuindo para uma melhoria global da qualidade de transmissão, acessível a todos os utilizadores, e só são admissíveis, por lei, num conjunto limitado de situações.

De acordo com a lei, ao prestar serviços de acesso à Internet os operadores devem tratar equitativamente todo o tráfego, sem discriminações, restrições ou interferências, e independentemente do emissor e do recetor, do conteúdo acedido ou distribuído, das aplicações ou serviços utilizados, ou do equipamento utilizado.

As eventuais medidas de gestão de tráfego aplicadas pelos operadores devem ser transparentes, não discriminatórias e proporcionais, e não podem basear-se em questões de ordem comercial, mas sim na qualidade técnica objectivamente requerida por determinados serviços.

Essas medidas não podem visar o controlo de conteúdos específicos, nem ser mantidas por mais tempo do que o necessário.

São admitidas na lei, estando devidamente tipificadas, excepções para:
  • dar cumprimento a aspectos legais; 
  • preservar a integridade e segurança da rede, dos serviços prestados ou dos equipamentos dos utilizadores; 
  • prevenir congestionamentos na rede.

Os operadores devem informar os clientes sobre o impacto possível das medidas de gestão de tráfego aplicadas, incluindo essa informação nos contratos.

Fonte: ANACOM

Como verificar se a operadora está a fazer Traffic Shaping?


Existe várias formas de o verificar mas nem sempre é fácil,e provar isso é ainda mais difícil.

Vou aqui falar de duas opções, que são muito simples de utilizar e podem ajudar-te  detectar se a operadora está ou não a fazer Traffic Shaping.

NET.mede

É uma ferramenta da ANACOM que permite que efectues dois testes, o de velocidade e o de Traffic Shaping.

Para fazeres o teste de Traffic Shaping vais directamente para este endereço: https://www.netmede.pt/traffic-shaping e fazes download para a respectiva plataforma que vais utilizar.

No meu caso Windows, fiz download e registei-me e meti a correr para Streaming.

Traffic Shapping

O teste dura cerca de 8 minutos e no fim irá dar-te os resultados, claro que deve ser corrido quando estás a executar aquela tarefa que provoca traffic shaping.

Traffic Shapping

Speedtest

É uma ferramenta que já falei nela, muito util que permite testar a nossa velocidade da internet. Pode ver aqui o post em causa.

Aqui podes ir testanto a internet em intervalos pontuais e vê se consegues detectar casos em que ela baixa drasticamente.

Depois podes consultar o histórico e ver toda a variação.

Traffic Shapping

Depois podes tirar as tuas conclusões. Eu no dia 30 tive uma velocidade muito inconstante e baixa durante um determinado tempo.

É mais difícil mas mesmo assim se executares a aplicação em diversos intervalos vais detectar o traffic shaping.

Como contornar o Traffic Shapping?


Existem várias coisas que podes fazer para melhorar e evitar Traffic Shaping, não significa que funcionem a 100% mas ajudam.

VPN

Usar uma VPN ajuda porque o teu tráfego começa a ser mantido anonimamente e de forma encriptada e assim a operadora não sabe o que estás a fazer ou a ver.

Pode também tornar o teu caminho mais livre e directo entre ti e o conteúdo que queres alcançar.

Não esperam que a VPN aumente a velocidade que não vai fazer, porque tem que passar por mais servidores, mas pode dar a estabilidade que necessitas e evitar o traffic shaping.

As VPNs pagas obviamente são as melhores, as grátis são boas também mas normalmente têm os melhores servidores ocupados.

Tor

Para quem usa um browser este serviço permite navegares anonimamente por essa internet fora. Muito util para quem gosta de ver series, filmes, netflix e TV online através do browser.

A operadora nunca vai saber o que andas a fazer, não fazendo pratica do traffic shaping.

Para fazeres download é no seguinte site: https://www.torproject.org/

Muda o DNS

Não evita o traffic shaping mas ajuda a desbloquear sites e streamings que estão bloqueados pelas operadoras.

Podes usar os mais conhecidos:



Espero ter ajudado. Abraço.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: