Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.
Recent PostAll the recent news you need to know

10 perguntas e respostas sobre Wi-Fi com a devolo

10 perguntas e respostas sobre Wi-Fi com a devolo
O Wi-Fi é usado todos os dias e tornou-se numa parte indispensável da nossa rotina. Permite estabelecer uma ligação online sem fios instantaneamente e funciona sem necessidade de qualquer conhecimento técnico. Mas o que é que realmente ajuda quando a receção é fraca, o que é que as diferentes especificações representam e o que é o mesh Wi-Fi? Aqui ficam dez perguntas e respostas sobre o Wi-Fi pela empresa de soluções de rede devolo.

Em que é que consiste realmente o Wi-Fi?

Quase toda a gente conhece a palavra "Wi-Fi" e está familiarizada com o seu princípio de operação básico, em que um grande número de dispositivos eletrónicos "vão online" através de ligações sem fios. Mas o que é que está por trás do Wi-Fi exatamente? Embora isto seja um tópico debatido, geralmente diz-se que a abreviatura "Wi-Fi" significa "Wireless Fidelity". Consiste em redes de rádio limitadas localmente, que por si só não estabelecem uma ligação online à Internet. Surpreendentemente, a tecnologia Wi-Fi tal como a conhecemos hoje não é muito antiga, tendo sido lançada a especificação IEEE 802.11a em 1999. Mas nos 20 anos que se seguiram, o Wi-Fi sofreu melhoramentos drásticos.

O abecedário 802.11 – o que é que as abreviaturas significam?

As especificações Wi-Fi atuais têm o nome IEEE 802.11b ou IEEE 802.11 b/g/n. Mas o que é que estas abreviaturas significam? A parte "IEEE" é fácil de explicar: significa "Institute of Electrical and Electronics Engineers", que é a organização que define as especificações. A primeira especificação Wi-Fi foi a IEEE 802.11, que permitia velocidades de transmissão até 2 Mbps. Os nomes das especificações atuais indicam com letras individuais os avanços técnicos feitos em cima dessa base. Aqui ficam os passos mais importantes:
  • IEEE 802.11b: velocidades de transmissão até 11 Mbps através da banda de 2,4 GHz
  • IEEE 802.11a: velocidades de transmissão até 54 Mbps através da banda de 5 GHz
  • IEEE 802.11g: melhoramento da especificação "b" com velocidades de transmissão até 54 Mbps
  • IEEE 802.11n: uso simultâneo das bandas de 2,4 e 5 GHz para uma velocidade de transmissão de até 600 Mbps
  • IEEE 802.11ac: melhoramento da especificação "n" com velocidades de transmissão até 6.933 Mbps
  • IEEE 802.11ax: melhoramento da especificação "ac" com velocidades de transmissão até 9.600 Mbps

O que é o Wi-Fi 5 e o Wi-Fi 6?

A nomenclatura das especificações técnicas do Wi-Fi pode ser confusa e desnecessariamente complexa para os utilizadores. Assim, uma alternativa simplificada foi estabelecida nos últimos anos. O Wi-Fi 5 é basicamente outro nome para a especificação IEEE 802.11ac, enquanto o Wi-Fi 6 é o mesmo para IEEE 802.11ax. Embora o Wi-Fi 6 seja a especificação mais recente e avançada, ainda não é suportada pela maior parte dos dispositivos terminais, portanto o utilizador comum não se deve preocupar muito com a conversão de momento, especialmente porque a velocidade máxima de transmissão teoricamente possível é raramente obtida na prática. Por causa disto, a vantagem técnica do Wi-Fi 6 é menor do que parece inicialmente – o Wi-Fi 5 continua a ser excelente para Wi-Fi rápido e fiável.

As especificações Wi-Fi são compatíveis umas com as outras?

Em geral, as especificações Wi-Fi são feitas com a retrocompatibilidade em mente, por isso seria preciso usar uma autêntica relíquia digital para encontrar problemas de ligação graves provocados por uma nova especificação. Na verdade, até convém atualizar esses dispositivos de qualquer forma devido a razões de segurança. Em caso de dúvida, a informação relevante costuma poder ser encontrada na documentação, mas dispositivos terminais com certificação Wi-Fi são quase sempre compatíveis uns com os outros. Por exemplo, até a mais recente especificação Wi-Fi 6 é compatível com 802.11a, b, g, n e ac. No entanto, dispositivos com especificações mais antigas podem não conseguir alcançar velocidades tão altas como dispositivos com especificações mais recentes em redes igualmente atualizadas.

Qual é a diferença entre 2,4 GHz e 5 GHz?

A comunicação Wi-Fi pode ocorrer em duas bandas de frequência: 2,4 GHz e 5 GHz. Mas qual delas é a melhor solução? Esta questão não tem uma resposta direta porque nenhuma das bandas de frequência é superior à outra em todos os aspetos. Assim, a decisão de qual delas usar depende das condições do ambiente de rede. Por exemplo, a banda de frequência de 2,4 GHz tem um alcance maior, mas também é mais suscetível a problemas de congestão, especialmente em áreas com maior densidade populacional. Por outro lado, a banda de 5 GHz tem um alcance menor, mas permite maior largura de banda e é menos suscetível a falhas, simplesmente porque é usada por menos dispositivos atualmente.

Desta forma, ligações através da banda de 5 GHz são recomendadas para aplicações onde há a necessidade de uma maior taxa de transmissão de dados e os dispositivos usados estão relativamente próximos uns dos outros, como por exemplo em streaming online de séries e filmes numa divisão da casa perto do router. Por sua vez, ligações através da banda de 2,4 GHz são mais adequadas para garantir um acesso básico à Internet a distâncias maiores, por exemplo em quartos interiores onde se pretende usar as redes sociais.

Se possível, deve-se usar a tecnologia "band steering" em redes domésticas sem fios, que é suportada por muitos dispositivos modernos. Esta tecnologia verifica em tempo real qual das duas bandas de frequência é que pode ser usada sem interferência, direcionando automaticamente as ligações dos dispositivos Wi-Fi.

Quão seguro é o Wi-Fi?

Para responder a esta questão, é geralmente necessário distinguir entre redes sem fios privadas e públicas. Os utilizadores devem permanecer cuidadosos em redes públicas abertas. É virtualmente impossível corrigir todas as vulnerabilidades – especialmente no caso de redes sem fios totalmente desencriptadas. É recomendado que, se possível, não se usem aplicações sensíveis, como as bancárias, nestas redes.

Na sua própria rede sem fios, os utilizadores são pessoalmente responsáveis pelo nível de segurança implementado, encontrando rapidamente os termos WEP, WPA, WPA2 e WPA3. Estes termos estão associados a diferentes métodos de encriptação. O WEP ("Wired Equivalent Privacy"), o mais antigo, é agora considerado inseguro e já não está atualizado. Isto também se aplica à primeira versão do WPA ("Wi-Fi Protected Access").

O WPA2 e o WPA3 são os mais recentes e seguros métodos de encriptação para redes domésticas sem fios. O WPA3 oferece um nível de segurança ligeiramente superior e também torna mais conveniente configurar uma rede sem fios. Mas uma vez que ainda estamos muito longe até todos os dispositivos terminais suportarem WPA3, o WPA2 continua a ser uma excelente escolha para segurança Wi-Fi. No entanto, em ambos os casos, a segurança começa com a escolha de uma password adequadamente segura!

O que leva a uma fraca receção Wi-Fi?

As ligações Wi-Fi em domicílios privados têm um grande número de obstáculos no seu caminho: paredes e tetos, bem como outros dispositivos eletrónicos. Mobília, plantas e água são potenciais problemas – incluindo canos, sistema de aquecimento e até vasos. Mas isto não significa que é preciso retirar tudo o que está dentro de casa para garantir uma boa cobertura Wi-Fi. O posicionamento cuidadoso do router, por exemplo, pode resultar num melhoramento significativo, por exemplo não o escondendo dentro de armários e em vez disso posicioná-lo tão centralmente quanto possível. Se isto não for possível ou a área for demasiado grande, então há dispositivos especializados que podem ser usados para aumentar o alcance do Wi-Fi.

Como é que se pode expandir a cobertura Wi-Fi?

Num grande número de casas, é simplesmente impossível fazer chegar o sinal Wi-Fi a todo o lado só com um router. Em muitos casos, isto não é culpa do router em si nem do fornecedor de serviço: o problema é que a fonte da ligação à Internet está demasiado longe dos sítios onde tem que chegar. A boa notícia: a cobertura Wi-Fi pode ser melhorada sem a necessidade de medidas estruturais complexas e dispendiosas mesmo neste cenário.

Os repetidores Wi-Fi recebem o sinal existente do router e expandem-no, produzindo melhor cobertura. No entanto, este tipo de solução também pode dar problemas, especialmente a longas distâncias. Os utilizadores que necessitariam de vários repetidores ligados em série para resolver a sua situação devem em vez disso usar soluções powerline como as da devolo. Estas soluções consistem em adaptadores compactos que são simplesmente ligados a uma tomada, tirando partido da rede elétrica para transmitir dados. Desta forma, uma ligação powerline não é afetada por paredes ou tetos e é ideal para longas distâncias. Especialmente prático é o facto de certos dispositivos powerline disponibilizarem uma ligação online tanto sem fios como por cabo no local em que são colocados.

O streaming 4K funciona através do Wi-Fi?

O número de serviços de streaming está continuamente a aumentar e cada vez mais pessoas preferem ver séries e filmes online em vez de em canais de televisão tradicionais. No entanto, os requisitos de largura de banda também estão a aumentar, especialmente com a popularidade da resolução 4K. Felizmente, a largura de banda recomendada para conteúdo 4K é de 15 a 25 Mbps. Este requisito é facilmente cumprido por tecnologia Wi-Fi moderna, o que significa que não há nada que impeça passar uma tarde relaxante a ver filmes sem fios, desde que a ligação à Internet forneça velocidade suficiente e o sinal Wi-Fi chegue ao canto do entretenimento sem problemas.

O que é mesh Wi-Fi?

O mesh Wi-Fi consiste em redes domésticas inteligentes em que vários pontos de acesso Wi-Fi trabalham em conjunto através de interligações próximas. Que efeito é que isto tem na prática? Os dispositivos móveis ligam-se sempre ao melhor ponto de acesso disponível porque a própria rede mesh gere esta ligação. Isto em contraste com redes Wi-Fi convencionais, em que os dispositivos terminais se mantêm ligados a pontos de acesso menos que ideais mesmo quando existem melhores opções na proximidade. Isto torna-se claro quando, por exemplo, o utilizador está a andar pela casa durante uma videochamada. O mesh Wi-Fi também permite outras funcionalidades inteligentes, como "band steering" para seleção automática bandas de frequência e "airtime fairness“. A conversão para mesh Wi-Fi pode valer a pena, especialmente em casas maiores com vários dispositivos terminais.

Wi-Fi forte desenvolvido na Alemanha

A devolo, uma empresa alemã baseada em Aachen, tem desenvolvido tecnologia poderosa para rede inteligente há mais de 15 anos. Os utilizadores recebem de uma única fonte tudo o que precisam para uma ligação online rápida e fiável em sua casa. A atual série de produtos Magic inclui, por exemplo, soluções flexíveis para a expansão precisa da rede – com opções sem fios e por cabo. Saiba mais sobre a oferta da devolo aqui.

Huawei MeeTime já disponível em Portugal

Os utilizadores de dispositivos móveis Huawei podem agora utilizar esta ferramenta de videochamadas entre dispositivos para se conectarem entre si.
Huawei MeeTime já disponível em Portugal
A Huawei revela que a Huawei MeeTime, uma aplicação desenvolvida pela Huawei que permite fazer videochamadas entre dispositivos Huawei compatíveis, já está disponível em Portugal. A MeeTime é a primeira aplicação de videochamadas que se aplica a qualquer cenário, uma vez que permite fazer chamadas entre portáteis, tablets e smartphones Huawei.

"No contexto atual, onde a ligação com os nossos entes queridos ou a realização de reuniões onde quer que estejamos se transformou numa parte integrante do nosso dia-a-dia, as aplicações de videoconferência passaram elas mesmas a ter um papel importante nas nossas vidas. Na Huawei desenvolvemos a Huawei MeeTime, a aplicação de videochamadas gratuita, que está agora disponível em Portugal, e que acreditamos que, com as funcionalidades que disponibiliza, será uma excelente ferramenta de trabalho ou, simplesmente, uma forma de nos aproximar de familiares ou amigos, mesmo que seja através de um ecrã”, refere Ana Lorena, Head of Marketing e Comunicação da Huawei Consumo em Portugal.

Partilha de ecrã através da MeeTime traz mais conectividade

Além de possibilitar que, mesmo sem um cartão SIM, um smartphone possa estabelecer uma videochamada em 1080P com outro dispositivo através de Wi-Fi, a MeeTime permite aos utilizadores partilharem os seus ecrãs para que quem está connosco em videochamada possa ver e assinalar no seu próprio ecrã notas e comentários que, de forma simples e rápida, serão mostrados para ambos os intervenientes. Esta funcionalidade, que pode ser utilizada para discutir compras ou itinerários com amigos, ou mesmo ensinar os seus pais a usar uma determinada função no seu telemóvel, torna a experiência de utilização muito mais fácil e divertida. Basta desenhar e marcar no ecrã e quem está do outro lado poderá seguir o processo a cada passo, como se estivesse a ver um vídeo pré-gravado.

Por exemplo, num cenário em que o utilizador e um amigo precisam de escolher um voo, sem recurso à MeeTime seria necessário encontrar os voos disponíveis, fazer uma captura de ecrã, e enviá-la antes de a discutir. Com a MeeTime, basta tocar no botão ‘Mais’ no canto inferior direito do ecrã e selecionar a opção ‘Partilhar ecrã’ para que quem está do outro lado consiga acompanhar as nossas pesquisas e, assim, em tempo real, escolher a opção de voo que mais se adequa a ambos. Possibilita ainda que o utilizador desenhe um círculo à volta do voo que prefere, o que torna as conversas mais eficientes para tomar decisões.

A opção de Partilha de Ecrã através da Huawei MeeTime é também uma ferramenta eficiente em contexto de teletrabalho e telescola, uma vez que os professores podem utilizar esta plataforma para supervisionar os trabalhos de casa dos alunos online ou explicar questões complexas de forma mais intuitiva.

Da mesma maneira, as equipas que estejam distribuídas por diferentes locais podem também colaborar de forma remota e visual com a opção de Partilha de Ecrã. Quando uma equipa que está a preparar um projeto precisa de ‘encontrar-se’ para rever um documento, por exemplo um PowerPoint, a MeeTime oferece a possibilidade de abrir o documento e partilhar o ecrã, de modo a que ambas as partes na chamada o possam editar em simultâneo e de forma colaborativa no seu ecrã. Se o utilizador pretender sublinhar, apagar ou acrescentar alguma informação, pode fazê-lo, diretamente, através do seu ecrã, para que a reunião se torne mais eficiente.

AI ajuda a melhorar condições de fraca luminosidade ou de rede na videochamada

A Huawei MeeTime é diferente de outras aplicações de videochamada, isto porque a Huawei criou um conceito chamado comunicação em todos os cenários, onde estão envolvidos diferentes dispositivos, entre eles smartphones, portáteis e tablets, que podem, com esta aplicação, comunicar entre si. Em comparação com outras aplicações, a MeeTime permite que os utilizadores alternem com suavidade entre smartphones e tablets Huawei durante uma videochamada. Além disso, a plataforma está integrada com reconhecimento facial e algoritmos inteligentes de otimização facial para melhorar significativamente a resolução do retrato quando há pouca luz. Por outro lado, com o apoio da colaboração multi-ecrã, um smartphone pode aceder, diretamente, ao microfone e à câmara de um PC, para que o utilizador possa receber chamadas telefónicas pela MeeTime diretamente no seu portátil.


Já quando a qualidade da rede é má, a tecnologia de super-resolução incorporada na MeeTime através da largura de banda compensa a qualidade de vídeo em tempo real, o que permite uma imagem HD suave mesmo em más condições de rede, tais como garagens subterrâneas.

Um dos princípios centrais do design da Huawei MeeTime é a encriptação de ponta a ponta, que assegura que quando há um pedido de partilha de ecrã, a plataforma verifica duas vezes com o utilizador para obter o seu consentimento, oferecendo aos seus utilizadores diversas garantias: se o pedido for de uma aplicação de terceiros, a partilha de ecrã será limitada à aplicação; se o utilizador sair da aplicação, o outro lado só poderá ver o último frame, e, por fim, se o utilizador receber uma mensagem de texto enquanto partilha a aplicação, o outro lado não conseguirá ver essa mensagem. Todos estes aspetos contribuem para que quando se está a fazer uma chamada de vídeo, a privacidade de cada utilizador esteja protegida.

A partilha de ecrã através da Huawei MeeTime revoluciona a interação tradicional baseada em voz/vídeo. Tudo o que é necessário fazer é atualizar o smartphone Huawei para o sistema operativo EMUI 10.1, para que cada vez mais utilizadores Huawei possam desfrutar da eficiente e conveniente comunicação de voz e vídeo em todos os cenários, e experimentar uma nova interação interpessoal num mundo totalmente conectado.

Os smartphones que suportam a aplicação MeeTime são: Mate 40 Pro, P40 Pro+, P40 Pro, P40, P40 lite, P40 lite E, Mate 30 Pro, P30 Pro New Edition, P30 Pro, P30, Nova 5T, Mate 20 Pro, Mate 20, P Smart 2021 e P Smart S.

Relativamente aos tablets, a Huawei MeeTime é suportada pelos modelos MatePad, MatePad Pro e MatePad 11.

9 competências para evitar desemprego jovem

Que competências precisa de ter a força de trabalho do futuro?

9 tópicos para o sucesso do emprego jovem
9 competências para evitar desemprego jovem
Segundo estimativas do Banco de Portugal, a taxa de desemprego jovem (até aos 24 anos), no mês de maio, foi na ordem dos 24,4%. Ou seja, muito superior à média nacional. Habitualmente, são os jovens profissionais os primeiros a engrossar o contingente de desempregados, uma vez que têm vínculos laborais mais frágeis: contratos a prazo, período experimental ou recibos verdes. É um problema global, independente do grau de instrução académica, frequentemente de nível superior. Entre muitas razões, é seguro que alguns não disponham das competências necessárias para serem integrados em posições que desejam. A Adecco Portugal identifica nove competências necessárias para tornar as pessoas mais atrativas no recrutamento.

#1 Alfabetização digital

Quase todas as carreiras profissionais atuais envolvem a utilização de alguma forma de tecnologia. Assim, quanto mais uma pessoa souber sobre tecnologia, mais atraente será para um recrutador.

A alfabetização digital implica a familiarização dos jovens com uma variedade de tecnologias, para que possam facilmente aprender a utilizar qualquer programa ou dispositivo. À medida que os jovens se preparam para entrar no mercado de trabalho, devem aumentar continuamente os seus conhecimentos sobre as tecnologias emergentes, o que ajudará os futuros empregadores a considerá-los mais passíveis de abraçar novos desafios que envolvam tecnologia inovadora.

#2 Capacidade de resolução de problemas

Talvez a competência mais importante necessária à força de trabalho do futuro, ao entrar no mercado de trabalho, seja a capacidade de resolver problemas.

Muitos sistemas educativos não ensinam estas competências, uma vez que se concentram na aprendizagem de rotina. Os jovens precisam de muita prática e persistência para resolverem uma vasta gama de problemas. Os empregos atuais já não são rotina; as pessoas devem ser capazes de esperar e adaptar-se a todo o tipo de problemas que possam surgir.

O exercício do pensamento crítico é uma obrigação e um dos principais trunfos que os empregadores procuram em novas contratações.

#3 Cidadania global

Graças à tecnologia, o nosso mundo é agora mais pequeno do que nunca. Enquanto no passado os profissionais só lidavam com pessoas da sua região, a força de trabalho do futuro irá agora interagir com pessoas de todo o mundo. Os jovens devem aprender e apreciar outras culturas, que envolvem códigos de comunicação diferenciados. Dominar mais do que uma língua é uma grande vantagem, pois permite comunicar e ligar-se a pessoas de outras culturas, facilitando o caminho para a cidadania global.

Esta vertente torna um jovem particularmente atrativo para os recrutadores, e esta aprendizagem pode vir como bagagem informal, como viagens realizadas, programas online internacionais, intercâmbios, competição desportiva, etc.

#4 Empreendedorismo

Embora nem todos os jovens criem empresas, todos eles precisam de um sentido de empreendedorismo para terem sucesso no mercado de trabalho.

Isto significa que os jovens precisam de ser motivados nos seus empregos e que precisam de dar espaço para a iniciativa. As empresas com foco no capital humano e na sustentabilidade a longo prazo querem integrar colaboradores que tenham atitudes de vanguarda e que possam iniciar mudanças e ideias por si próprios. Espera-se que os jovens façam mais do que apenas uma lista de tarefas. É hora de ser empreendedor, pois os empregadores esperam que novos profissionais possam impactar positivamente a sua organização.

#5 Curiosidade e amor pela aprendizagem

O futuro é indefinido e é garantidamente marcado pela evolução constante e acelerada, pelo que não há limite para o que os profissionais possam precisar de aprender.

Os jovens devem agarrar-se à curiosidade e ao amor em aprender que possuíam quando crianças. Estes traços traduzem-se perfeitamente no ambiente de trabalho moderno. Os jovens devem procurar constantemente o conhecimento e aprender coisas novas. Quanto mais souberem, mais completos serão.

Os empregadores procuram pessoas que tenham esta postura e alguém que o demonstre será sempre uma mais-valia para uma empresa.


#6 Competências de comunicação

As aptidões de comunicação vêm de seguida às aptidões de resolução de problemas quando se trata das competências necessárias à força de trabalho do futuro.

Não importa quão grandes sejam as intenções ou ideias de uma pessoa; se não conseguirem comunicar eficazmente, muitas outras competências serão de pouca importância, pois acabam por não ser implementadas por falta de compreensão das equipas. Os jovens devem ser eficazes na transmissão das suas ideias, tanto por escrito como oralmente. Muitos empregadores listam as capacidades de escrita e oralidade dentre as principais características que procuram nas novas contratações.

Os jovens devem praticar a exposição escrita e oral até se sentirem à vontade para comunicar no local de trabalho.

#7 Adaptabilidade e flexibilidade cognitiva

O mundo do trabalho atual está em constante mudança e ninguém sabe ao certo como serão as diversas atividades setoriais nas próximas décadas. Para que os jovens tenham sucesso, devem ser capazes de se adaptar facilmente à mudança. Muitas empresas estão sempre a mudar a forma como fazem as coisas e precisam de profissionais capazes de se adaptar às mudanças que certamente irão enfrentar no futuro, que pode ser já… amanhã!

Os jovens também precisam de ter flexibilidade cognitiva. Isto significa que precisam de ser capazes de mudar a sua forma de pensar perante novos problemas e situações; precisam de ser capazes de olhar para uma situação de muitos ângulos e formular o melhor plano de ação.


#8 Acesso, avaliação e análise da informação

Com a disponibilidade generalizada da tecnologia, os jovens têm uma riqueza de conhecimentos na ponta dos dedos. Atualmente, já não se trata do que uma pessoa sabe, mas do que ela pode descobrir. Por conseguinte, os jovens não precisam obrigatoriamente de uma cabeça cheia de conhecimentos, mas precisam das competências necessárias para aceder a qualquer informação de que possam necessitar para resolver um problema.

Precisam não só de saber como aceder à informação, mas também de ser capazes de a avaliar, analisar, triar e determinar se é relevante para a resolução da situação que têm entre mãos e como pode ser aplicada; saber distinguir o que são fontes fidedignas e não se ficarem comodamente com as respostas que obtêm do resultado da pesquisa que lhes aparece no topo da lista do Google.


#9 Autoconhecimento e inteligência emocional

Uma das competências mais importantes necessárias na força de trabalho do futuro é o autoconhecimento para poderem reconhecer os seus pontos fortes e fracos. Quando uma pessoa se compreende a si própria, pode fazer os ajustes necessários e realizar o melhor que pode. Os jovens que se conhecem não só sabem como abordar e resolver problemas, como também são mais capazes de trabalhar com outros.

Para além do autoconhecimento, a força de trabalho do futuro precisa de ser capaz de compreender os outros através da inteligência emocional. Isto permitir-lhes-á estabelecer ligações com os seus colegas de trabalho, superiores e qualquer pessoa associada à empresa. Fazer ligações fortes é essencial em qualquer setor de atividade. Os empregadores querem novos colaboradores que possam formar estes laços para promover a empresa e trabalhar bem com outros.

Top 10 Filmes e Séries de 19 a 25 de Julho segundo JustWatch

Continuamos a partilhar com vocês as tendências semanais segundi o indice de popularidade da Plataforma JustWatch.

Ver as tendências da semana é sempre interessante. Dá para ter uma noção das tendências. Top 10 Filmes e Séries semana passada.

Para quem não sabe, o Justwatch além de um bom guia de streaming agora também já é um bom gestor de conteúdo onde podes gerir as tuas séries e filmes

O excelente de usares o Justwatch é que sabes exatamente onde vai dar um determinado titulo, ou seja sabes em que serviço de streaming está disponível aquela série ou filme. 

Regularmente com base no índice de popularidade dos utilizadores do Justwatch eles partilham estatísticas e decidiram partilhar connosco a estatística da semana passada. 

Vamos então ver:

Top 10 Filmes
Top 10 Filmes e Séries de 19 a 25 de Julho segundo JustWatch
Top Séries
Top 10 Filmes e Séries de 19 a 25 de Julho segundo JustWatch
Está a ver cada vez mais diversidade no top 10 em Portugal, tanto nos filmes como nas séries não havendo uma predominancia de um só serviço de Streaming.

O que achas do top?

TP-Link Omada, a solução de conectividade perfeita para hotéis

Desde a chegada da crise de saúde global, causada pelo agora tristemente famoso vírus SARs-Cov2, tornou-se evidente a necessidade global de melhorar a nossa conectividade de rede para que possamos otimizar todos os recursos de forma mais eficiente. É evidente que já não basta estar apenas ligado à rede de informação e comunicação que nos une a todos, mas a rede de equipamento que nos permite ligar tem de ser suficientemente modernizada e adaptada às exigências da sociedade actual, a conectividade tem de ser instantânea, precisa e constante.
TP-Link Omada, a solução de conectividade perfeita para hotéis
Agora que os hotéis estão em época alta e o ritmo das vacinações está a avançar a bom ritmo, as pessoas estão ansiosas por ir de férias e desfrutar do mar ou das montanhas. Para assegurar uma estadia agradável, um dos elementos básicos será fornecer uma ligação Wi-Fi segura e de qualidade, que não seja lenta e tenha um bom sinal.

Estado da conectividade nos hotéis

Esta mesma coisa tem acontecido repetidamente a nível profissional, especialmente quando estamos em espaços públicos apinhados, tais como hotéis. Estes têm uma grande procura de conectividade como salas de reuniões, locais ao ar livre como piscinas ou locais subterrâneos como o estacionamento, e o mau estado da rede resulta numa conectividade que deixa muito a desejar.

Não é a primeira vez que, durante o processo de prospeção de um evento ou reunião, em que o local onde este será realizado é decidido, o cliente final descarta opções perfeitamente adequadas por ter tido uma experiência negativa em termos de conectividade, o que significou, na maioria dos casos inconscientemente para estes fornecedores, a perda de um volume de negócios suculento.

Para resolver estes incidentes que ocorrem com tanta frequência, é necessário que a conectividade nestes espaços se torne mais fluida, e para isso é essencial fornecer à nossa rede um sistema de gestão inteligente que nos permita analisar a resposta dos equipamentos em diferentes situações, avaliar e conceber as diferentes soluções que podem ser implementadas, tendo em conta o potencial oferecido pelos equipamentos que compõem a nossa rede, de acordo com as suas características específicas.

Omada BY TP-LINK, solução de rede para hotéis

É aqui que aparece a figura do fabricante número 1 do mundo em termos de conectividade. A TP-Link desenvolveu uma solução interessante para ajudar na modernização deste tipo de redes inteligentes, concebendo uma nova rede de conectividade unificada sob um poderoso gestor de rede conhecido como Omada Cloud.

O Omada da TP-Link oferece a possibilidade de gerir através de uma única aplicação, remotamente e em tempo real todo o equipamento ligado entre si, para que possa ser utilizado, da forma mais eficiente possível, todo o potencial da rede em situações de grande procura. Para este fim, foi desenvolvida uma plataforma de Software Defined Networking (SDN) que integra dispositivos de rede, proporcionando uma gestão de nuvens 100% centralizada, gerando uma rede altamente escalável sendo tudo controlado a partir de uma única interface.

A solução Omada da TP-Link permite aos hotéis construir redes Wi-Fi fiáveis e rentáveis que impulsionam o progresso e mantêm os hóspedes que regressam felizes por outra estadia.

Para um funcionamento adequado, uma rede hoteleira necessita dos seguintes requisitos:
  • Fornecer poderosas redes sem fios e com fios a clientes e colaboradores.
  • Cobertura Wi-Fi completa do hotel em todas as áreas, incluindo áreas exteriores, tais como estacionamento e piscinas.
  • Elevada estabilidade e segurança da rede para garantir uma segurança ininterrupta dos dados comerciais e dos hóspedes.
  • Oferecer publicidade e conteúdo promocional a clientes afiliados.
  • Aspeto elegante para combinar com a decoração do hotel.
  • Gestão fácil da rede hoteleira e manutenção conveniente do equipamento.
Por conseguinte, se um hotel optar pela Omada da TP-Link, tem acesso aos seguintes benefícios:
  • Cobertura Wi-Fi completa do hotel: graças à montagem no teto e na parede junto aos pontos de acesso exteriores, é fornecida Wi-Fi de alta velocidade para todos os locais e cenários interiores e exteriores
  • Roaming para streaming contínuo: os hóspedes que percorrem o hotel podem desfrutar de streaming ininterrupto graças às mudanças automáticas do hotspot
  • Gestão centralizada e fácil: a gestão centralizada de todos os elementos controlados a partir de uma interface única e fácil de usar, bem como a configuração de lotes e atualizações de firmware à distância beneficiam grandemente a manutenção.
  • Implementação de Wi-Fi de alta densidade: os pontos de acesso Omada Wi-Fi 6 e Wi-Fi 5 melhoram a eficiência e garantem um desempenho de topo para múltiplas divisões com clientes de alta densidade
  • Ligações estáveis por cabo: fornecido com portas Ethernet 2,5 H ou 1G
  • Impulsiona o negócio da hotelaria com uma página web personalizada: conteúdo promocional ou de marketing via Wi-Fi para guests com Facebook na mesma página de autenticação. Os dados-chave do cliente também podem ser rastreados no painel de instrumentos para melhores resultados comerciais.
  • Resolução rápida e remota de problemas: potenciais problemas de rede podem ser rápida e remotamente localizados e resolvidos.
  • Fácil instalação e implementação: montagem fácil, suporte de PoE, e uma aparência elegante e minimalista permitem uma instalação e implementação simples.

Após quase dois anos sem poder viajar normalmente, este Verão começamos a ver sinais de retoma de viagens. Nesse sentido, um fator muito importante na escolha de um hotel é geralmente a disponibilidade de Wi-Fi gratuito, seguro e de qualidade, especialmente quando se viaja para outros países. De facto, é muito provável que os hotéis que não têm Wi-Fi gratuito sejam rejeitados pelos clientes ou recebam más críticas na Internet se a qualidade for terrível. Por conseguinte, a largura de banda deve ser extremamente fiável para transmitir grandes quantidades de dados e satisfazer os clientes. A solução Omada Cloud é a plataforma mais adequada para todos os tipos de estabelecimentos de hotelaria, com ligações ininterruptas e escaláveis facilmente geridas a partir de uma única interface.

Cobee fecha ronda de financiamento Série A de 14M€ para continuar a melhorar a compensação dos colaboradores

  • A ronda foi liderada pelo fundo de capital de risco líder europeu Balderton Capital e conta ainda com a confiança dos investidores anteriores, Speedinvest, Target Global, Encomenda e Lanai.
  • A plataforma digital de gestão de benefícios da Cobee tem a confiança de algumas das maiores empresas da Europa para melhorar o bem-estar dos colaboradores através de planos de compensação flexível e inovadora.
  • O financiamento permitirá acelerar o crescimento da Cobee na Europa, bem como ampliar a sua oferta de benefícios de forma a responder às novas necessidades dos colaboradores.
Cobee fecha ronda de financiamento Série A de 14M€ para continuar a melhorar a compensação dos colaboradores
A Cobee, a primeira plataforma digital europeia de gestão de benefícios para colaboradores, anunciou o fecho de uma ronda de investimento de 14 milhões de euros liderada pela Balderton Capital, empresa de capital de risco líder na Europa e que já investiu em grandes tecnológicas como a Aircall, Contentful, Peakon e Tessian.

A ronda inclui também reconhecidos Business Angels com cargos de relevo em companhias como a Zalando, N26, Uber ou Gympass. Os anteriores investidores das ronda Seed (Speedinvest e Target Global) e pré-Seed (Encomenda e Lanai) também renovaram o seu compromisso com a empresa.
A Cobee foi fundada em 2019 por Borja Aranguren, Daniel Olea e Nacho Travesí, com o objetivo de melhorar o bem-estar dos colaboradores através da oferta de benefícios flexíveis, inovadores e acessíveis a todos.

Após um rápido crescimento no país natal, Espanha - onde tem agora a confiança de clientes como a Glovo, Ogilvy, Group M, Petronas, Avis, Tripadvisor, N26 e Booking - a empresa, sediada em Madrid, expandiu-se para Portugal em janeiro de 2021, onde regista já um crescimento mais rápido do que no país vizinho, com grandes clientes com equipas de milhares de colaboradores. Durante 2020, e apesar da pandemia, a Cobee duplicou a sua força de trabalho e espera continuar a fazê-la crescer de forma sólida até ao final do ano.

Com esta nova injeção da capital, a Cobee vai continuar a melhorar a sua experiência de utilizador - tanto para empresas como para colaboradores - através de desenvolvimentos na sua plataforma e da integração de novos benefícios. Espera-se que o portefólio de benefícios duplique ao longo do próximo ano e se foque ainda mais em produtos financeiros e benefícios relacionados com saúde e bem-estar, como por exemplo ginásios, apoio à saúde mental, programas de bem-estar, plataformas de entretenimento e outros - tudo pensado para cobrir as exigências crescentes dos colaboradores quanto às formas de personalizar os seus planos de compensação.

Borja Aranguren, CEO & Co-Founder da Cobee, afirmou: “A relação financeira entre colaboradores e empresas já não se centra apenas no salário. Os colaboradores são cada vez mais exigentes quanto às ofertas por parte da sua empresa. Começando pela retribuição flexível e benefícios para os colaboradores, queremos oferecer-lhes a melhor experiência possível, oferecendo-lhes mais controlo sobre a sua compensação em geral. Esta ronda vai permitir-nos continuar a apoiar os colaboradores e a ajudar as equipas de Recursos Humanos a aumentar a lealdade das equipas e a atrair os melhores talentos.”

Suranga Chandratillake, General Partner da Balderton, comentou: “Os colaboradores são o recurso mais importante das empresas, pelo que garantir o seu bem-estar e retenção é uma prioridade crítica. Oferecer-lhes um conjunto de benefícios rico, facilmente acessível e reportável que podem utilizar todos os dias é fundamental para qualquer empresa que queira atrair e reter o melhor talento. A Cobee torna isto possível e fá-lo através de uma oferta ampla de benefícios e de forma mais global do que qualquer outra plataforma de próxima geração existente ao dia de hoje.”

Eaton: armazenamento como resposta ao alto preço da eletricidade e à dependência energética

No inicio de julho os preços da eletricidade voltaram a aumentar e atingiram em julho máximos históricos em Portugal. 
Eaton: armazenamento como resposta ao alto preço da eletricidade e à dependência energética
As razões por detrás destes números elevados no mercado grossista são os preços do gás, utilizado na produção de eletricidade em centrais de ciclo combinado, juntamente com os direitos de emissão de CO2 que as centrais de produção devem pagar. E esta tendência poderia continuar a curto prazo. O Governo tem apresentado projetos de financiamento para estimular o autoconsumo por parte dos consumidores como forma de alcançar maior sustentabilidade e menor dependência dos fornecedores mas por si só não é suficiente.

Um complemento necessário para as energias renováveis

No atual contexto energético, as tecnologias de armazenamento poderiam ajudar indivíduos e empresas a modular o seu consumo e a ajustá-lo às faixas horárias com as tarifas mais favoráveis. A Eaton, líder em gestão de energia, sublinha a importância dos sistemas de armazenamento de energia para desbloquear todo o potencial das energias renováveis e assegurar um abastecimento estável para satisfazer as necessidades dos indivíduos e das empresas.

"Os sistemas de armazenamento e autoconsumo de energia permitem ultrapassar o problema da volatilidade do fornecimento de energias renováveis e acrescentar estabilidade à rede, pelo que poderiam ser o "empurrão" definitivo para continuar a avançar na utilização de energias verdes e para a descarbonização da economia, em conformidade com os objetivos do Acordo de Paris, bem como para reduzir a dependência energética de países estrangeiros", afirma José Antonio Afonso, responsável do segmento Commercial Building da Eaton Iberia.

Portugal encontra-se numa posição privilegiada para a utilização de energias renováveis, mas a sua dependência energética ainda é elevada. Embora as energias renováveis contribuam para reduzir esta dependência energética externa, são demasiado dependentes das condições climáticas, pelo que o papel das tecnologias de armazenamento será fundamental para continuar a avançar no sentido de um novo modelo energético mais sólido.

Em combinação com painéis solares, os sistemas de armazenamento de energia ajudam-nos a utilizar uma proporção maior de energia renovável produzida localmente para alimentar casas e edifícios ou para carregar veículos elétricos sempre que necessário. O armazenamento de energia está a revolucionar a energia para todos nós.

OPPO apresenta nova tecnologia de carregamento - mais rápido, mais seguro e mais inteligente

Com todas as atenções centradas em melhorar a experiência do utilizador, a tecnologia de Carregamento Rápido VOOC da OPPO eleva a velocidade, a segurança e a inteligência para outro nível
OPPO apresenta nova tecnologia de carregamento - mais rápido, mais seguro e mais inteligente
A OPPO, marca líder mundial em tecnologia, realizou o seu Open Day do Carregamento Rápido OPPO dedicado ao tema “O que se segue na área do carregamento rápido”, durante o qual revelou os progressos mais recentes da investigação que tem em curso em relação à tecnologia de carregamento rápido e ao desenvolvimento da sua solução de tecnologia de Carregamento Rápido.

“O desenvolvimento da tecnologia de Carregamento Rápido VOOC da OPPO baseia-se na inovação em todo um sistema de carregamento rápido que inclui o adaptador de carregamento, cabo de carregamento, PMIC, bateria e muito mais", declarou Jeff Zhang, Chief Scientist da OPPO VOOC Flash Charge. "Quer as pessoas optem pelo carregamento sem fios ou com fios, a tecnologia de Carregamento Rápido VOOC pode agora satisfazer uma vasta gama de necessidades relacionadas com o carregamento de dispositivos eletrónicos, mesmo nas circunstâncias mais extremas.”

Carregamento seguro: novas atualizações e inovações criam uma experiência de carregamento mais segura

A OPPO sempre colocou a eficiência e a segurança na frente do seu desenvolvimento da tecnologia de Carregamento Rápido. Com base neste conceito, a OPPO introduziu um sistema de proteção de cinco camadas para melhorar a segurança da tecnologia de Carregamento Rápido VOOC e tem explorado a forma, mediante a qual, os novos materiais, os algoritmos de IA, as arquiteturas de carregamento e outros fatores podem ser utilizados otimizar o carregamento:
  • Fusível com menor impedância: o fusível presente no sistema de proteção de segurança de cinco camadas do Carregamento Rápido está apto a inativar-se de imediato em caso de sobrecarga da corrente elétrica ou outra anomalia, protegendo a bateria ao isolá-la fisicamente da fonte de alimentação. O design atualizado do fusível tem uma menor resistência interna e um melhor desempenho, contribuindo para proteger ainda mais a segurança do sistema de carregamento.
  • Adaptadores de nitreto de gálio (GaN): a OPPO utilizou pela primeira vez adaptadores de GaN nos seus smartphones. Estes adaptadores não só conseguem alcançar a mesma funcionalidade que os adaptadores tradicionais MOSFET de silício numa área mais pequena, reduzindo assim o espaço necessário, como a sua menor impedância e funcionamento de alta tensão ajudam a reduzir o calor emitido e a melhorar a eficiência e a fiabilidade do carregamento.
  • Design interno de bateria com duas células em série: um design de bateria dupla em série permite que a mesma energia seja fornecida ao mesmo tempo que diminui a corrente elétrica e reduz a emissão de calor. O design interno de bateria com duas células em série leva este conceito um passo mais à frente ao combinar as baterias duplas em série na mesma estrutura, ocupando assim menos espaço ao mesmo tempo que proporciona o mesmo desempenho de segurança. O novo design proporciona um aumento de pelo menos 5% da capacidade da bateria para o mesmo tamanho da bateria.
  • Chip de segurança: o chip de deteção de segurança da bateria patenteado pela OPPO com algoritmos de IA integrados está apto a detetar se as baterias sofreram danos externos ao reconhecer quedas de tensão em tempo real com base numa série de cenários e agindo em conformidade. Caso se considere que a queda de tensão tenha sido causada por danos na bateria, o telefone avisará o utilizador que será necessário reparar ou substituir a bateria.
  • Captador de corrente composta: a OPPO desenvolveu uma bateria de segurança de estrutura composta que apresenta um captador de corrente composta totalmente novo. A bateria usa um novo material composto intercalado entre duas camadas de alumínio para substituir o típico design composto somente por alumínio encontrado noutras baterias. Esta estrutura “intercalada” é ainda revestida por um material protetor adicional, criando assim a estrutura do captador de corrente composta de cinco camadas. Este sistema melhora a segurança da bateria ao protegê-la de curtos-circuitos causados por danos externos. Testes no laboratório da OPPO revelam que, sem comprometer o desempenho, a nova bateria passa nos testes de perfuração e colisão com uma taxa de sucesso de 100%.

Carregamento inteligente: otimização da velocidade e da autonomia da bateria

A OPPO revelou também a sua nova tecnologia de carregamento inteligente durante o evento. Concebida para manter a velocidade de carregamento dentro do intervalo mais seguro possível, a tecnologia ajusta a corrente de carregamento com base na deteção inteligente de diferentes cenários. Tal pode também ajudar a reduzir a ocorrência de envelhecimento invulgar da bateria, permitindo que os utilizadores desfrutem de uma autonomia da bateria ideal durante mais tempo.

A tecnologia de carregamento inteligente está apta a oferecer melhorias notórias a vários aspetos do desempenho da bateria, incluindo os seguintes:
  • Autonomia da bateria mais longa: enquanto assegura a velocidade SuperVOOC de 65W e o carregamento/descarregamento completo da bateria, a tecnologia está apta a manter a capacidade da bateria em 80% da sua capacidade original mesmo após 1500 ciclos de carregamento.
  • Velocidade de carregamento melhorada em cenários específicos: a velocidade de carregamento pode ser aumentada de acordo com situações específicas com base na energia máxima instantânea que a bateria pode consumir em segurança em qualquer determinado momento. No caso do SuperVOOC de 65W, é capaz de aumentar a velocidade em cerca de 20%, permitindo que uma bateria de 4500mAh seja completamente carregada em 30 minutos, quando necessário.
  • Equilibrar a velocidade de carregamento e a temperatura do telefone: a tecnologia deteta de forma inteligente o melhor equilíbrio entre a corrente de carregamento ideal e o subsequente aumento da temperatura em diferentes cenários de utilização. Como resultado, os utilizadores podem utilizar o telefone enquanto decorre o Carregamento Rápido sem qualquer desconforto.

Carregamento extremo: mesmo nos ambientes mais frios, o Carregamento Rápido não para

Além de tornar o Carregamento Rápido VOOC o mais seguro e inteligente possível, a OPPO tem também explorado formas de otimizar a tecnologia de carregamento veloz em situações mais extremas. Por exemplo, pode ser difícil carregar uma bateria de iões de lítio em ambientes muito frios, onde forçar a bateria a carregar pode até causar um curto-circuito. A solução de carregamento de temperatura ultrafria da OPPO utiliza algoritmos inteligentes para determinar a temperatura de carregamento ideal da bateria e aumentar a temperatura antes do carregamento ser iniciado. Os resultados dos testes demonstram que a bateria é capaz de aumentar de temperatura de -20 ℃ para 10 ℃ em apenas décimos de segundos, permitindo que a bateria seja carregada como normalmente acontece.

Desde o lançamento do Carregamento Rápido VOOC em 2014, a segurança, a eficiência e a facilidade de utilização têm sido três áreas-chave que contribuem para a I&D da OPPO no domínio da tecnologia de bateria e de carregamento. Em 30 de junho de 2021, a OPPO já tinha pedido mais de 3000 patentes relacionadas com a tecnologia de carregamento rápido; e através de mais de 30 dispositivos compatíveis com a tecnologia de Carregamento Rápido VOOC, a OPPO tem proporcionado esta experiência de carregamento rápido, conveniente e seguro a mais de 195 milhões de utilizadores em todo o mundo.

Em 2021, a OPPO lançou o seu novo projeto, a Iniciativa Rápida, integrando a sua tecnologia VOOC patenteada em automóveis, espaços públicos e processadores no interior de uma série de dispositivos. Na era da Internet da Experiência, a tecnologia de Carregamento Rápido da OPPO está a evoluir para oferecer aos utilizadores uma experiência de carregamento de nova geração concebida para se distinguir em qualquer situação, permitindo que as pessoas carreguem qualquer dispositivo, quando e onde quiserem.

FREE GUY: HERÓI IMPROVÁVEL - POSTERS DAS PERSONAGENS - NOS CINEMAS A 19 DE AGOSTO

CONHEÇA O ELENCO DA NOVA COMÉDIA DE AÇÃO E AVENTURA, PROTAGONIZADA POR RYAN REYNOLDS

FREE GUY: HERÓI IMPROVÁVEL, da 20th Century Studios, estreia a 19 de agosto, só nos cinemas.
FREE GUY: HERÓI IMPROVÁVEL - POSTERS DAS PERSONAGENS - NOS CINEMAS A 19 DE AGOSTO





Descubra os protagonistas desta épica comédia de ação e aventura da 20th Century Studios, realizada por Shawn Levy e protagonizada por Ryan Reynolds como Guy, Jodie Comer como Millie (conhecida como MolotovGirl), Lil Rel Howery como Buddy, Utkarsh Ambudkar enquanto Mouser, Joe Keery como Keys e Taika Waititi no papel de Antwan. FREE GUY: HERÓI IMPROVÁVEL estreia nos cinemas a 19 de agosto de 2021.

Em FREE GUY, o caixa de um banco descobre que é na verdade figurante num videojogo, e decide tornar-se o herói da sua própria história. Agora, a viver num mundo onde não há limites, ele está determinado a ser o gajo que salva o seu mundo, à sua maneira… antes que seja tarde demais. O filme é protagonizado por Ryan Reynolds, Jodie Comer, Lil Rel Howery, Joe Keery, Utkarsh Ambudkar e Taika Waititi e realizado por Shawn Levy, de um argumento de Matt Lieberman e Zak Penn, a partir de uma história de Lieberman. O filme é produzido por Ryan Reynolds, p.g.a., Shawn Levy, p.g.a., Sarah Schechter, Greg Berlanti e Adam Kolbrenner, com Mary McLaglen, Josh McLaglen, George Dewey, Dan Levine e Michael Riley McGrath como produtores executivos.

Algumas das figuras mais influentes do mundo na área dos videojogos têm participações especiais em FREE GUY, como Imane “Pokimane” Anys, Lannan “LazarBeam” Eacott, Seán William “Jacksepticeye” McLoughlin, Tyler “Ninja” Blevins e Daniel “DanTDM” Middleton.

Como desativar as visualizações de vídeo e áudio no ecrã inicial do Android TV

O Google TV introduziu uma experiência de ecrã inicial totalmente reformulada e como tal parte dessas funcionalidades estão a ser aproveitadas para Android TV.
Como desativar as visualizações de vídeo e áudio no ecrã inicial do Android TV
Numa ultima atualização o Android TV, como aqui a explicamos, a Google está a adicionar "Páginas de Detalhes Imersivos" ao Android TV. Estes são essencialmente trailers que serão reproduzidos no ecrã inicial quando acederes a um determinado conteúdo. 

Este recurso pode ser desligado nas Configurações, no entanto e por isso se não gostas deles, podes desativar. 

Como desativar as visualizações de vídeo e áudio no ecrã inicial do Android TV?

1 - Ir às Definições no canto superior direito.

Credito: How to Geek

2 - De seguida ir às preferências do Dispositivo.

Credito: How to Geek

3 - Ir à Página Home.

Credito: How to Geek

4 - Andar até encontrar a avaba Canais e Desativar então os Previews de Vídeo e Áudio.

Credito: How to Geek

Com isto o ecrã inicial não reproduzirá mais visualizações com vídeo ou áudio. 

Pessoalmente gosto de ver os trailers mas admito que para muitos utilizadores possa ser irritante.

Adeus ao NOS Wi-Fi!

As duas maiores operadoras em Portugal oferecem um serviço chamado NOS Wi-fi e MEO Wi-fi que consiste em disponibilizar uma rede gratuita mas limitada fora de portas a todos os seus clientes.
Adeus ao NOS Wi-Fi!
Esse serviço é difundido pelos routers dos clientes, ou seja se és MEO ou NOS já reparaste que além da tua rede existe sempre uma rede a terminar em Wi-fi.

No site da NOS apareceu uma informação que indica que que o serviço vai ser descativado no dia 13 de Agosto.
O NOS Wi-Fi está a ser descontinuado faseadamente até ao dia 13 de agosto de 2021, a partir desta data o serviço deixará de estar disponível.

Eu por exemplo faço bastante uso destas soluções, quando vou de ferias ou passar o fim de semana. Em Portugal os tarifários de dados ainda são um pouco deficientes e caros e por isso éste tipo de serviço era uma mais valia.

Sem o serviço da NOS, os clientes da operadora deixam de ter uma infraestrutura de rede fora de casa. Não há informações ainda se haverá alguma tipo de alternativa. 

E tu? Usas este tipo de serviço?

JUNGLE CRUISE – A MALDIÇÃO NOS CONFINS DA SELVA - PREMIÈRE MUNDIAL - NOS CINEMAS A 29 DE JULHO E NO DISNEY+ A 30 DE JULHO

PREMIÈRE MUNDIAL - Os protagonistas da nova aventura da Disney, juntaram-se na Disneyland para uma noite memorável!

Protagonizado por Dwayne Johnson e Emily Blunt, JUNGLE CRUISE – A MALDIÇÃO NOS CONFINS DA SELVA estreia a 29 de julho nos cinemas e também estará disponível no Disney+ com Acesso Premium a um custo adicional único, a 30 de julho.
JUNGLE CRUISE – A MALDIÇÃO NOS CONFINS DA SELVA - PREMIÈRE MUNDIAL - NOS CINEMAS A 29 DE JULHO E NO DISNEY+ A 30 DE JULHO
No passado fim de semana, na Disneyland, os protagonistas Dwayne Johnson, Emily Blunt, Edgar Ramírez, Jack Whitehall e Veronica Falcón juntaram-se ao realizador Jaume Collet-Serra e aos produtores John Davis, John Fox, Hiram Garcia, Dany Garcia e Beau Flynn para um passeio pela red carpet na Première mundial de JUNGLE CRUISE - A MALDIÇÃO NOS CONFINS DA SILVA, da Disney, onde cumprimentaram os fãs entusiasmados.


Inspirado na famosa atração do parque temático da Disneyland, JUNGLE CRUISE – A MALDIÇÃO NOS CONFINS DA SELVA, da Disney, é uma expedição cheia de peripécias pela Amazónia, com o carismático Capitão Frank Wolff e a Dra. Lily Houghton, uma determinada exploradora. Lily viaja de Londres para a selva Amazónica e recruta os serviços questionáveis ​​de Frank, para a guiar pelo rio abaixo, no La Quila – o seu charmoso barco que se está a desfazer. Ela está determinada a encontrar uma árvore antiga com capacidades de cura inigualáveis, que pode mudar o futuro da medicina. Impulsionados por esta jornada épica, a improvável dupla vai encontrar inúmeros perigos e forças sobrenaturais, todos à espreita na beleza enganadora da exuberante floresta tropical. Mas, à medida que os segredos da árvore vão sendo revelados, os riscos tornam-se cada vez maiores para Lily e Frank e o seu destino, assim como o da humanidade, estará em jogo.

Jaume Collet-Serra realiza o filme, protagonizado por Dwayne Johnson, Emily Blunt, Edgar Ramírez e Jack Whitehall, com Jesse Plemons e Paul Giamatti. Os produtores são John Davis e John Fox, da Davis Entertainment; Dwayne Johnson, Hiram Garcia e Dany Garcia da Seven Bucks Productions; e Beau Flynn da Flynn Picture Co., com Scott Sheldon e Doug Merrifield atuando como produtores executivos. A história é de John Norville & Josh Goldstein e Glenn Ficarra & John Requa, e o argumento é de Michael Green e Glenn Ficarra & John Requa.

JUNGLE CRUISE – A MALDIÇÃO NOS CONFINS DA SELVA estreia a 29 de julho nos cinemas e também estará disponível no Disney+ com Acesso Premium a um custo adicional único, a 30 de julho.

É necessária uma subscrição ativa ao Disney+ e um pagamento adicional único pelo Acesso Premium a Jungle Cruise - A Maldição nos Confins da Selva. Desfrute nos cinemas onde esteja disponível e com Acesso Premium antes da disponibilização a todos os subscritores do Disney+.

Este Verão compre um Huawei Watch GT2 e receba uma balança inteligente

É Verão e sente que ainda não está no seu melhor? Temos a campanha ideal para si! Na compra de um relógio da Watch GT 2 Series receba a balança inteligente Huawei Scale 3 que irá ajudar qualquer um a manter-se em forma durante toda a temporada.
Este Verão compre um Huawei Watch GT2 e receba uma balança inteligente
A Huawei preparou mais uma Campanha de Verão para o mercado português, desta vez a pensar em quem precisa de “companheiros” de treino à altura e que ajudem a manter a boa forma física. Até 22 de Agosto, na compra de uma das versões da Huawei Watch GT 2 Series (Pro, 46mm ou 42mm) os consumidores recebem de oferta a balança inteligente Huawei Scale 3. Esta campanha está disponível em todos os retalhistas bem como na Loja Online da Huawei.

Os relógios inteligentes da Huawei Watch GT 2 Series, que monitorizam uma série de índices de saúde durante todo o seu dia-a-dia e que permitem controlar de que forma é que o nosso corpo reage aos treinos que fazemos, e quando em conjunto com a Huawei Scale 3, irão ajudar a controlar o peso e a atingir o objetivo que deseja. E, para que possa, de forma fácil, e num só lugar estar sempre a par de todos os dados relativos à sua saúde, poderá utilizar a aplicação Saúde da Huawei para controlar a qualquer momento os seus indicadores, registos de exercício e peso.

Para quem ainda não conhece, o Huawei Watch GT 2 recolhe estatísticas sobre os treinos e calcula de forma detalhada a sua intensidade, bem como duração e calorias perdidas num treino simples, sendo que estes indicadores aumentam caso estejamos a falar de uma caminhada, corrida ou de prática de natação. Além disso, este relógio regista toda a sua condição física ao longo do dia, através de contagem de passos e do número de calorias queimadas, frequência cardíaca, nível de stress e de SpO2, bem como o sono e regista ainda a quantidade de vezes que a pessoa se levanta e todos os períodos de atividades de média a alta intensidade, o que permite ter todo o exercício que fazemos ao longo do dia controlado e, assim, atingir os seus objetivos.

Já a Huawei Scale 3 é uma balança inteligente que ajuda a compreender melhor a sua condição física através de onze indicadores corporais: peso, IMC, percentagem de gordura corporal, massa livre de gordura, massa muscular esquelética, percentagem de água corporal, proteínas, conteúdo mineral ósseo, nível de gordura visceral, taxa metabólica basal e frequência cardíaca.


Assim como os smartwatches, a Huawei Scale 3 ajuda a monitorizar os indicadores corporais, permitindo a cada um ajustar o modo de treino e personalizar o plano de queima de gordura, estabelecendo metas para obter melhores resultados Com um design minimalista, a Scale 3 pode ser partilhada entre vários membros da família de qualquer idade, mantendo sempre todos os dados protegidos em perfis de utilizador diferentes. Esta balança que funciona com ligações WiFi e Bluetooth permite inserir as informações de cada pessoa de forma inteligente e todos os registos são carregados, automaticamente, e enviados para as devidas contas, para que possam ser analisados quando e onde se quiser.


Não perca esta incrível oferta da Huawei que irá sem dúvida ajudar a passar um Verão mais saudável e fit, obtendo os resultados com que sempre sonhou.

CAMPANHA DE VERÃO HUAWEI WATCH GT 2 Series

PVPR Watch GT2 Pro: 319,99€
PVPR Watch GT2 46mm: 229,99€ (sport) e 249.99€ (classic)
PVPR Watch GT2 42 mm: 199,99€ (sport), 219,99€ (classic) e 249.99 (elegant)

Campanha: 23 de Julho e até 22 de Agosto, na compra de um relógio inteligente Huawei Watch GT2 oferta de uma Huawei Scale 3 (39,90€). Esta campanha está disponível em todos os retalhistas bem como na loja online da Huawei.

Para mais informações para conhecer todas as ofertas em vigor consulte a Loja Online da Huawei.

Trailer de 'Dexter: New Blood' mostra o nosso assassino num novo habitat

Dexter está de volta no dia 7 de novembro. 


Dexter pode não ser chamado de "Dexter" atualmente, mas isso não significa que o mais infame assassino da série da Showtime tenha perdido a sua sede de sangue. 

No domingo, num painel para a Comic-Con @ Home , a rede de televisão revelou o nome e a data de lançamento - para não mencionar, um primeiro trailer suculento - da sua série de eventos especiais Dexter. 

Intitulado Dexter: New Blood, com estreia no dia 7 de novembro, o revival passa-se 10 anos após os eventos da série original e vê Dexter (Michael C. Hall) a fugir e a viver sob o pseudônimo de Jim Lindsay na zona rural de Oregon. 

No trailer, não vemos Dexter / Jim a fazer nada muito nefasto. Mas parece que o cruel assassino agora possui uma loja de caça, e olhar ansiosamente para todas aquelas armas não pode ser bom para ele - mesmo se ele insistir que a sua nova vida é "tudo sobre misturar-se". 

Julia Jones, Alano Miller, Johnny Sequoyah, Jack Alcott e Clancy Brown completam o elenco. 

Dexter: New Blood vai estrear no domingo, 7 de novembro no Showtime, em Portugal deve continuar na HBO.

Os novos auriculares SPC ZION PRO combinam som de alta qualidade com um design ultracompacto

Com dimensões muito reduzidas, grande leveza, Bluetooth 5.0 e sincronização automática, estes auriculares dispensam fios para oferecer a melhor qualidade de som sem limites.
A SPC, empresa tecnológica especializada no desenvolvimento de produtos eletrónicos de consumo, apresenta os novos ZION PRO, auscultadores intra-auriculares com um design elegante e minimalista criado para os utilizadores que procuram uma grande qualidade sonora, conforto e liberdade quando ouvem música.

Os ZION PRO oferecem uma grande experiência sem fios e destacam-se pelo seu design ultracompacto: o tamanho tanto dos auriculares como da caixa de carregamento é surpreendentemente pequeno, e a sua leveza - pesando menos de 3 gramas - faz com que se sinta como se não os estivesse a usar, nem sequer dentro do bolso.

Estes auriculares apresentam um diafragma de 14 mm para proporcionar um som limpo, de alta qualidade e repleto de nuances, contendo também tecnologia Bluetooth 5.0 de baixo consumo e a função de emparelhamento automático: são capazes de sincronizar com o seu smartphone ou tablet assim que saem da caixa de carregamento, para que possa simplesmente colocá-los e desfrutar da sua música.

Os seus botões tácteis oferecem total simplicidade de utilização, permitindo-lhe executar qualquer ação com um único gesto, rapidamente e sem complicações: é possível ativar a Siri ou o Assistente do Google com um toque para fazer chamadas, tocar músicas no Spotify ou adicionar uma marcação ao calendário. Também têm um microfone e mãos-livres integrados, para que possa atender chamadas sem tirar o telemóvel do bolso. E para garantir a sua utilização em quaisquer circunstâncias, os ZION PRO foram concebidos com certificação IPX4, que protege contra salpicos de água.

Os ZION PRO também se destacam pela vida útil da sua bateria. Quando não estão a ser utilizados, podem ser armazenados no seu estojo: até 45 minutos de reprodução áudio quando estão guardados apenas 5 minutos e um total de 12,5 horas de utilização. Além disso, têm um indicador de bateria fraca tanto no estojo como nos auriculares.

Preço e disponibilidade

Os auriculares SPC ZION PRO estão disponíveis em Galactic Black ou Supernova White por 29,90 euros.
hbo

HBO Max lançará 10 filmes da Warner Bros diretos para streaming em 2022

Depois de decidir lançar os seus filmes de 2021 da Warner Bros na HBO Max sob um modelo híbrido de streaming e teatro , parece que a WarnerMedia está preparada para continuar a usar os seus ativos da Warner Bros. para atrair assinantes para o serviço em 2022. 
HBO Max lançará 10 filmes da Warner Bros diretos para streaming em 2022
Durante a teleconferência de resultados do segundo trimestre da AT&T esta semana, os executivos da empresa foram questionados sobre como o modelo de libertação da pandemia, particularmente no que se refere aos cinemas. 

Citando o sucesso teatral de Godzilla vs. Kong com receita de 463 milhões de dólares, o chefe da WarnerMedia Jason Kilar respondeu que, embora "o formato do filme seja absolutamente importante", a empresa também se sente "muito bem com a resposta que os consumidores deram.” 

Kilar continuou a dizer que a Warner Bros. produzirá 10 filmes que estrearão na HBO Max no mesmo dia em que forem lançados. Embora não seja claro que títulos esses dez incluirão, a decisão indica que a pandemia influenciou significativamente a maneira como a WarnerMedia lidará com o lançamento dos seus filmes no futuro. 

Kilar afirmou expressamente que a empresa não planeia retornar a uma estratégia de lançamento de filmes do passado. “Certamente não espero que voltemos ao modo como o mundo era em 2015 ou '16 ou '17, onde as vitrines eram muito demoradas entre a exibição teatral e a doméstica, fosse uma transação à la carte ou outra coisa”.

Conforme anunciado anteriormente no início deste ano, quando a Warner Bros. chegou a um acordo de vários anos com a Cineworld para a exibição de filmes de 2021 e 2022, Kilar confirmou que as janelas teatrais para “uma parte de nossa lista” seriam de 45 dias. 

A WarnerMedia enfrentou um retrocesso significativo quando anunciou no início deste ano que a sua lista de filmes de 2021 iria estrear sob seu modelo de streaming e lançamento no mesmo dia. 

Os cinemas não ficaram especialmente satisfeitos , mas a estratégia também foi criticada pelos próprios criadores, incluindo os diretores Christopher Nolan e o diretor de Dune , Denis Villeneuve. 

Durante a teleconferência de resultados, Kilar disse que a indústria continuaria a "evoluir". “Acho que o que vocês verão é que essa indústria continua a evoluir e a inovar de maneiras que não só funcionam para consumidores e fãs, mas também para nossos parceiros de negócios”, disse Kilar.

Sophos adquire a Braintrace para impulsionar o seu Ecossistema Adaptativo de Cibersegurança com Tecnologia de Deteção e Resposta de Rede (NDR)

O acordo proporciona visibilidade sobre padrões suspeitos de tráfego de rede, adicionando uma nova inteligência de ameaças aos serviços da Sophos em rápido crescimento: Resposta Gerida a Ameaças (MTR), Resposta Rápida, Tecnologia de Deteção e Resposta Alargada (XDR) e Data Lake
Sophos adquire a Braintrace para impulsionar o seu Ecossistema Adaptativo de Cibersegurança com Tecnologia de Deteção e Resposta de Rede (NDR)
A Sophos, líder global em soluções de cibersegurança de próxima geração, anuncia que adquiriu a Braintrace, cuja tecnologia patenteada de Deteção e Resposta de Rede (Network Detection and Response – NDR) vem melhorar ainda mais o seu Ecossistema Adaptativo de Cibersegurança. O NDR da Braintrace oferece uma visibilidade profunda sobre os padrões de tráfego de rede, incluindo tráfego encriptado, sem necessidade de desencriptação Man-in-the-Middle (MiTM). Sediada em Salt Lake City (Utah, EUA), a Braintrace é uma empresa privada lançada em 2016.

Como parte da aquisição, os programadores, cientistas de dados e analistas de segurança da Braintrace foram integrados nas equipas globais de Resposta Gerida a Ameaças (MTR) e Resposta Rápida da Sophos. As divisões de negócio de MTR e Resposta Rápida da empresa expandiram-se rapidamente, posicionando-a como um dos maiores, e em mais rápido crescimento, fornecedores de MDR do mundo, com mais de 5.000 clientes ativos.

A tecnologia NDR da Braintrace apoiará os analistas de MTR e Resposta Rápida da Sophos, bem como os clientes dos serviços de Deteção e Resposta Alargada (XDR), através da integração no Ecossistema Adaptativo de Cibersegurança, no qual se alicerçam todos os produtos e serviços da empresa. A tecnologia da Braintrace vai também servir como ponto de partida para recolher e transmitir dados de eventos de terceiros a partir de firewalls, proxies, redes privadas virtuais (VPNs) e outras fontes. Estas camadas adicionais de visibilidade e integração de eventos vão melhorar significativamente a deteção de ameaças, o threat hunting e a resposta a atividades suspeitas.

“Não podemos proteger o que não sabemos que existe, e é frequente as empresas de todas as dimensões errarem nos cálculos dos seus ativos e superfície de ataque, tanto físicos como na Cloud. Os atacantes tiram partido disto e escolhem, muitas vezes, ativos pouco protegidos como meio de acesso inicial. As equipas de defesa beneficiam agora de um ‘sistema de controlo de tráfego aéreo’ que vê toda a atividade da rede, revela ativos desconhecidos e desprotegidos e expõe malware invasivo de forma mais fiável do que os Sistemas de Proteção contra Intrusões (IPS),” afirmou Joe Levy, Chief Technology Officer da Sophos. “Estamos particularmente entusiasmados por a Braintrace ter desenvolvido esta tecnologia especificamente para oferecer melhores resultados de segurança aos seus clientes de Deteção e Resposta Gerida (MDR). É difícil bater a eficácia de soluções desenvolvidas por equipas de profissionais e programadores qualificados que resolvem problemas de cibersegurança no mundo real.”

A Sophos vai implementar a tecnologia NDR da Braintrace como uma máquina virtual, alimentada através de pontos de observação tradicionais, como uma porta Switched Port Analyzer (SPAN) ou um Test Access Point (TAP) de rede, para inspecionar tráfego a norte-sul nas margens, ou este-oeste dentro das redes. Estas implementações vão ajudar a descobrir ameaças dentro de qualquer tipo de rede, incluindo aquelas que permanecem encriptadas, servindo como complemento das capacidades de desencriptação da Sophos Firewall. O pacote e o fluxo da tecnologia alimentam uma variedade de modelos de Machine Learning treinados para detetar padrões de rede suspeitos ou maliciosos, como ligações aos servidores de Comando e Controlo (C2), movimento lateral e comunicações com domínios suspeitos. Uma vez que a Braintrace desenvolveu a sua tecnologia NDR especificamente para uma monitorização preditiva e passiva, o seu motor também oferece captura inteligente de pacotes de rede, que os gestores de segurança de TI e os threat hunters podem utilizar como provas de apoio durante as investigações. A nova técnica de análise e previsão NDR está pendente de ser patenteada.

De acordo com a Gartner, “em comparação com as abordagens tradicionais, em que o comportamento malicioso é definido antecipadamente sob a forma de assinaturas pré-concebidas e motores de deteção que inspecionam o tráfego em busca de correspondências, o NDR escolhe uma outra abordagem. Em vez de apenas inspecionar o tráfego em busca de uma lista de maus comportamentos ou payloads, o NDR foca-se também em procurar padrões desconhecidos no tráfego da rede, calculando a probabilidade de aquela anomalia ser maliciosa”. A Gartner aponta ainda que “os algoritmos de machine learning que estão na base de muitos produtos NDR ajudam a detetar tráfego anómalo que é, muitas vezes, negligenciado por outras técnicas de deteção. As capacidades opcionais de resposta automatizada ajudam a aliviar parte da carga de trabalho dos profissionais de resposta a incidentes, e funcionalidade de threat hunting oferece ferramentas que são valiosas para estes profissionais”.

“O NDR é fundamental para o sucesso do threat hunting. A diferenciação da Braintrace em relação à concorrência reside nesta exclusiva tecnologia NDR, de que os nossos analistas MDR tiraram partido para descobrir, deter e resolver ciberataques,” comentou Bret Laughlin, CEO e Co-fundador da Braintrace. “Com a nossa própria tecnologia de NDR, a equipa responde de forma mais rápida e precisa devido à visibilidade e à verificação de ameaças automatizada e em tempo real que conseguem ter sobre o tráfego encriptado. Desenvolvemos a tecnologia NDR de raiz para a deteção e agora, com a Sophos, ela vai integrar-se num sistema completo para proporcionar deteção e resposta em diversos produtos, num ecossistema de vários fornecedores.”

A tecnologia NDR da Braintrace é um componente-chave para a defesa contra ciberataques, agora e no futuro. Uma investigação da Sophos demonstra como os adversários alteram as suas táticas de forma agressiva e constante para evitar a deteção e executar os seus ataques. A tecnologia da Braintrace ajuda a descobrir tráfego C2 malicioso proveniente de malware, como CobaltStrike, BazaLoader e TrickBot, bem como ameaças de dia zero, que podem levar a ataques de ransomware e outros. Esta visibilidade permite aos threat hunters e analistas evitar qualquer potencial ataque de ransomware, incluindo os ataques recentes por parte da REvil e da DarkSide.

A Sophos planeia introduzir a tecnologia NDR da Braintrace para MTR e XDR no primeiro semestre de 2022.