Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

A Fundación Cepsa lança a XVI edição dos Prémios ao Valor Social e aumenta a sua dotação para promover projetos relacionados com a COVID-19

A Fundación Cepsa lança a XVI edição dos Prémios ao Valor Social e aumenta a sua dotação para promover projetos relacionados com a COVID-19
Share it:
  • A Fundação aumentou a dotação inicial em 100.000 euros, para os 500.000 euros, para incentivar ações solidárias relacionadas com a atual crise sanitária e social
  • Nestes prémios podem participar iniciativas sociais das Canárias, Madrid, Huelva, Campo de Gibraltar, Portugal, Colômbia e Brasil
  • Desde 2005, os Prémios ao Valor Social permitiram desenvolver mais de 340 projetos, que melhoraram a qualidade de vida de cerca de 40.000 pessoas
  • O prazo para inscrições estará aberto entre 9 e 30 de setembro
A Fundación Cepsa lança a XVI edição dos Prémios ao Valor Social e aumenta a sua dotação para promover projetos relacionados com a COVID-19

A Fundación Cepsa inicia hoje o período de inscrição dos Prémios ao Valor Social, que procuram reconhecer e promover diferentes projetos sociais que promovam a inclusão e a qualidade de vida de indivíduos ou grupos menos favorecidos. Na sua XVI edição, a entidade aumentou a dotação económica destes prémios com o objetivo de apoiar projetos solidários que sirvam para dar assistência às pessoas mais afetadas pela crise sanitária e social provocada pela COVID-19.

Estes prémios vão distribuir até 500.000 euros entre as iniciativas vencedoras, para desenvolver projetos sociais nas Canárias, Madrid, Huelva, Campo de Gibraltar, Portugal, Colômbia e Brasil, zonas geográficas em que a Cepsa conta com uma atividade relevante e onde tem laços e relações estreitas estabelecidas com a comunidade.

Através dos Prémios ao Valor Social, a Fundación Cepsa reconhece a atividade social de diferentes entidades que trabalham para melhorar a qualidade de vida de grupos muito diversos: pessoas em situação de vulnerabilidade social, desempregados, doentes, pessoas com diversidade funcional, grupos étnicos, infância, jovens e adolescentes, idosos ou vítimas de violência de género, entre outros. Este ano somam-se os afetados pela crise sanitária provocada pela COVID-19. Nesse sentido, a Fundação destinará 100.000 euros adicionais para incentivar, para além das iniciativas habituais, projetos destinados a atenuar os efeitos sanitários e sociais da pandemia. Assim, em cada zona geográfica onde se atribuem os prémios, será selecionado pelo menos um projeto destinado a ajudar os grupos afetados pela COVID-19.

As entidades que desejem participar poderão apresentar os seus projetos de 9 a 30 de setembro através da página web da Fundação: www.fundacioncepsa.com. Por outro lado, a Fundação convocou hoje, por vídeo conferência, as entidades participantes para explicar e esclarecer o procedimento de inscrição e detalhar as novidades desta edição.

No próximo mês de dezembro será dada a conhecer decisão de cada um dos júris locais, nos quais participam diferentes representantes institucionais relacionados com o âmbito da ação social.

Uma vez selecionados os projetos premiados por parte dos júris, os profissionais da Cepsa irão escolher mais cinco projetos vencedores, para além de participarem e se envolverem com as entidades participantes, agindo como padrinhos e madrinhas solidários de todas as iniciativas aspirantes aos Prémios ao Valor Social.

Desde a sua primeira edição, em 2005, estes prémios atribuíram mais de três milhões de euros, que permitiram melhorar a qualidade de vida de cerca de 40.000 pessoas.

Desde o começo da crise social e sanitária provocada pelo coronavírus, a Fundación Cepsa pôs em andamento um pacote de medidas para atenuar os efeitos da pandemia nos grupos mais vulneráveis. Assim, a entidade, juntamente com os profissionais da Cepsa, doou 480.000 quilos de alimentos de primeira necessidade à Federação Espanhola de Bancos de Alimentos. Do mesmo modo, com o objetivo de apoiar as autoridades sanitárias, a Fundación Cepsa pôs à disposição dos governos regionais de Madrid, Andaluzia e Canárias uma dotação de cartões de combustível no valor de 50.000 euros para colaborar nas deslocações sanitárias relacionadas com a COVID-19, assim como as de outros profissionais que trabalham ativamente nesta crise. A entidade doou também 15.000 euros à Cruz Vermelha para colaborar com os transportes sanitários urgentes originados pela pandemia. Também, no âmbito do seu programa de voluntariado corporativo, Voluntas, a Fundação pôs em funcionamento várias ações de voluntariado online para que os profissionais da Cepsa pudessem dar apoio a pessoas idosas e doentes.

Em Portugal, desde o início da crise provocada pela COVID-19, a Fundación Cepsa já doou 10.000 euros em cartões de combustível à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Leixões e à Comunidade Vida e Paz, e 5.000 euros em numerário à Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: