Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Allianz lucra 3 mil milhões de euros no primeiro trimestre de 2019

Allianz lucra 3 mil milhões de euros no primeiro trimestre de 2019
Share it:
  • Receitas internas cresceram 7,5% no primeiro trimestre;
  •  Lucro operacional cresceu 7,5%, para 3 mil milhões de euros;
  •  Rendimento líquido atribuído aos acionistas alcançou 2 mil milhões de euros; • Índice de Solvência II de 218%;
  •  Resultados do primeiro trimestre asseguram que o Grupo Allianz está no caminho certo para atingir metas de 2019;
  • Perspetiva de lucro operacional da Allianz para 2019 em cerca de 500 milhões de euros. 
Allianz lucra 3 mil milhões de euros no primeiro trimestre de 2019

O Grupo Allianz continua o seu percurso de sucesso iniciado em 2018, com um sólido primeiro trimestre em 2019. Os resultados demonstram a resiliência de todos os segmentos de negócio e o progresso contínuo na execução do Plano de Renovação.

O crescimento da receita interna, que ajusta para efeitos cambiais e de consolidação, foi de 7,5%. As receitas totais aumentaram 9,1% para 40,3 mil milhões de euros, em comparação com os 36,9 mil milhões de euros registados no período homólogo de 2017. O lucro operacional cresceu 7,5% para 3 mil milhões de euros, impulsionado principalmente pelo seguro de Propriedade e Acidentes, que registou menos pedidos de catástrofes naturais, melhor desenvolvimento dos mesmos, redução do rácio de despesas e um forte crescimento dos prémios. O lucro operacional do segmento de seguros Vida/Saúde cresceu ligeiramente, no qual as taxas e as verificações favoráveis compensaram bastante uma menor margem de investimento. Um aumento das despesas devido a investimentos no crescimento dos negócios levou a um ligeiro declínio no lucro operacional do segmento de negócios de Gestão de Ativos. O rendimento líquido atribuível aos acionistas cresceu 1,6% para 2 mil milhões de euros.

O lucro operacional mais elevado foi em grande parte compensado por menores receitas de investimentos não operacionais e, em menor escala, impostos mais elevados.

O lucro líquido básico por ação (EPS) aumentou 4,5%, para 4,65 euros. A rentabilidade dos capitais próprios (RoE) aumentou 13,7%, face aos 13,2% registados em 2018. A capitalização do Índice de Solvência II atingiu 218% no final deste trimestre, em comparação com os 229% registados no final de 2018, impulsionada principalmente pelos efeitos do programa de recompra de ações e seguindo as mudanças regulamentares e do modelo anunciadas anteriormente.

A 14 de fevereiro de 2019, a Allianz anunciou um novo programa de recompra de ações de até 1,5 mil milhões de euros. 2,8 milhões de ações foram adquiridas até 31 de março de 2019, representando 0,7% do capital em circulação.

“A Allianz alcançou resultados fortes no primeiro trimestre, colocando o Grupo no caminho certo para cumprir suas metas anuais para 2019”, afirmou Oliver Bäte, CEO da Allianz SE. “Os nossos clientes procuram qualidade e serviços diversificados, algo em que investimos constantemente. Apesar da volatilidade económica e política, estamos muito bem posicionados para continuar a desenvolver o nosso negócio.”

Os resultados financeiros do grupo Allianz relativos ao 1o trimestre de 2019 podem ser consultados aqui.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: