Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Lenovo Anuncia Novas Metas Científicas Ambiciosas

Lenovo Anuncia Novas Metas Científicas Ambiciosas
Share it:
A marca define novas metas para limitar as alterações climáticas, além do padrão da indústria

Lenovo Anuncia Novas Metas Científicas Ambiciosas

A Lenovo revela novas metas, mais “agressivas”, de redução de emissões de gases de efeito estufa até 2030, juntamente com o seu novo Environmental, Social and Governance (ESG) Report que detalha o seu progresso ESG até ao momento, bem como os seus planos futuros. Essas novas metas foram aprovadas pela Science Based Targets initiative (SBTi) e apoiam as metas científicas globais para limitar o aumento da temperatura global a 1,5 graus Celsius acima dos níveis pré-industriais (âmbito 1 e 2), sendo metas ambiciosas de acordo com as melhores práticas atuais (âmbito 3).

A Lenovo definiu essas novas metas após reduzir as emissões de GEE (Gases de Efeito Estufa) de âmbito 1 e 2 em 92% no ano fiscal de 2019/20, excedendo a sua meta de redução de 40% definida em 2010. A Lenovo atingiu essa meta através de uma variedade de projetos de eficiência energética, instalações de energia renovável nos Estados Unidos e na China, e apoio a vários projetos de energia renovável por meio da compra de bens de energia renovável.

A pensar no futuro e com base no sucesso da meta de 2020, a Lenovo identificou novas metas que terão um impacto maior na redução das alterações climáticas, contribuindo para um mundo mais perto do desejável “Gases de Efeito Estufa Zero”. Até 2030, a Lenovo vai comprometer-se a reduzir as emissões diretas de âmbito 1 e 2 (emissões relacionadas com as operações, incluindo energia comprada para eletricidade, calor, vapor e arrefecimento) em 50%; e reduzir a intensidade das emissões de âmbito 3 em toda a sua cadeia de valor em 25%.

Na sua cadeia de valor, a Lenovo está focada na redução das emissões em três categorias, incluindo: o uso de produtos vendidos (para notebooks, desktops e servidores); bens e serviços comprados; e transporte a montante. A empresa está também a identificar o que será necessário para atingir emissões zero até 2050.

Como parte da adoção de metas científicas, a Lenovo está a definir metas mais ambiciosas para as emissões de âmbito 1 e 2, com o objetivo de limitar as alterações climáticas a um aumento de 1,5 grau Celsius na temperatura global, em comparação com a meta menos agressiva, mas alinhada com a SBTi de limitar a um aumento de 2 graus.

“Estamos extremamente orgulhosos do progresso que fizemos até agora na redução do nosso impacto no meio ambiente por meio de um esforço consciente, bem como de investimentos nas nossas operações”, disse o CEO da Lenovo, Yang Yuanqing. “Nós, e outras empresas globais como nós, precisamos de agir prontamente, pois o mundo necessita de ações ambientais reais. Como resultado, estamos a ir mais longe do que nunca para definir metas futuras ambiciosas para que possamos construir um futuro melhor, onde as tecnologias mais inteligentes vão continuar a capacitar todos, em todos os lugares”.

Este é o 14º Relatório Anual ESG da Lenovo, referente ao ano fiscal 2019/20 (1 de abril de 2019 a 31 de março de 2020). Juntamente com metas e métricas da SBTi atualizadas, este relatório detalha marcos adicionais, como 19,7 milhões de dólares com impacto na caridade (produtos, dinheiro e serviços de colaboradores doados) da Lenovo Foundation, participação na Valuable 500 Inclusivity Initiative, 66 produtos agora fabricados com material reciclado, e reconhecimento de Nível de Liderança do CDP. Para obter mais informações, visite Lenovo StoryHub.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: