Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Eliminar Complexidade para Reforçar a Segurança: Porque é que a Consolidação Importa

Eliminar Complexidade para Reforçar a Segurança: Porque é que a Consolidação Importa
Share it:
Novo inquérito a mais de 400 profissionais de segurança a nível global mostra que soluções de segurança não integradas tornam a segurança empresarial mais desafiante

Eliminar Complexidade para Reforçar a Segurança: Porque é que a Consolidação Importa

A Check Point® Software Technologies Ltd. (NASDAQ: CHKP), fornecedor líder global de soluções de cibersegurança, apresenta os resultados de um estudo, conduzido pela Dimensional Research, que procurou auscultar líderes de segurança de todo o mundo sobre a sua abordagem de consolidação. As conclusões deste inquérito mostram soluções não integradas tornam a segurança empresarial mais desafiante. Enquanto evolui o panorama das ameaças e os ciberataques tornam-se cada vez mais sofisticados, 99% das empresas utilizam soluções de múltiplos fabricantes que lhes criam desafios de segurança nas suas organizações.

As principais conclusões deste inquérito efetuado a 411 profissionais de segurança e TI a nível global confirmam que:
  • Com mais ativos para segurar, a confiança na segurança diminui - 92% dos inquiridos afirmam que segurar os seus ativos de TI face às ameaças é desafiante. Só 34% e 38% dos líderes de segurança acreditam que os seus dispositivos móveis e de IoT estão devidamente seguros, revelando uma considerável diferença na postura de segurança das organizações.
  • Quase metade das organizações implementa 6 a 40 soluções de segurança, aumentando a complexidade – Virtualmente todas as organizações inquiridas usam múltiplos fornecedores de segurança. 49% de todas as organizações usam entre 7 e 40 produtos de segurança, e 27% das maiores organizações usa entre 11 e 40 produtos de diferentes fornecedores.
  • Múltiplas consolas de gestão diminuem a visibilidade - 98% das organizações gerem os seus produtos de segurança, criando silos de visibilidade. A incapacidade de obter uma visão holística da postura de ameaças da organização cria desafios de visibilidade, que complicam a resposta a incidentes.
  • Trabalhar com múltiplos fornecedores de segurança cria desafios às organizações - 79% dos profissionais de segurança afirma que trabalhar com múltiplos fornecedores de segurança acarreta desafios significativos. A manutenção, renovação de contratos e outras atividades relacionadas com a gestão da solução de segurança que retira tempo valioso e recursos.

“Algumas organizações operam sob a falsa assunção que mais produtos se traduz em mais segurança. No entanto, nesta situação, os líderes de segurança de todo o mundo devem adotar a mentalidade de o menos é mais,” afirma Itai Greenberg, Vice President of Product Management da Check Point. “Adicionar múltiplos produtos de diferentes fornecedores simplesmente adiciona mais complexidade, e pode potencialmente minar a segurança da organização. As empresas precisam de uma solução de cibersegurança consolidada que reforce as suas defesas enquanto melhora a sua agilidade contra todas as formas de ataque:”

A pandemia COVID-19 criou um fenómeno na cultura de trabalho. As mudanças foram globais, rápidas e generalizadas. Mudanças dramáticas na infraestrutura das empresas apresenta uma oportunidade para reavaliar os investimentos de segurança. Neste estudo, 69% dos inquiridos concordaram que prioritizar a consolidação de fornecedor levará para maior segurança- Um nível de visibilidade mais elevado, alcançado através da consolidação, irá garantir a eficácia de segurança necessária para prevenir de um ciberataque sofisticado. Gestão unificada e visibilidade do risco são pontos essenciais para uma arquitetura de segurança.

Reduzir o número de fornecedores permite um nível de segurança mais elevado através de uma melhor integração, e menos falhas funcionais entre cada proteção que cada produto disponibiliza. Também reduz significativamente o tempo, custo e recursos dos processos de remediação de incidentes. O Check Point Infinity é a primeira arquitetura de segurança consolidada entre redes, cloud, mobile e IoT, fornecendo o mais elevado nível de prevenção a ameaças contra ciberameaças conhecidas e desconhecidas. A gestão centralizada unificada do Infinity correlaciona um vasto conjunto de eventos entre todos os ambientes da rede, serviços cloud e infraestruturas móveis, e a tecnologia de prevenção da Check Point bloqueia os mais sofisticados ataques antes que possam infligir qualquer tipo de dano.

Não perca o webinar, “Why Security Consolidation Matters: Reducing Complexity for Better Results” para saber mais sobre a Check Point Infinity e como a sua organização pode beneficiar de uma arquitetura de segurança consolidada, no dia 25 de Junho. Registe-se agora.

O estudo foi desenvolvido pela Dimensional Research, e contou com 411 participantes de organizações com mais de 500 empregados de todo o mundo.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: