Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Sundar Pichai apresenta novos controlos de privacidade

Sundar Pichai apresenta novos controlos de privacidade
Share it:
Sundar Pichai, CEO da Google e da Alphabet, acaba de partilhar algumas atualizações sobre o trabalho que a empresa está a desenvolver para melhorar a privacidade nas suas plataformas.

Para Sundar, à medida que a Google desenha os seus produtos foca-se em três princípios: manter a informação segura, tratá-la de forma responsável e colocando o utilizador no controlo.

Hoje, a Google anuncia melhorias a este nível, incluindo mudanças nas práticas de retenção de dados nos seus produtos mais importantes para que, por definição, se retenham menos dados.

Sundar Pichai apresenta novos controlos de privacidade

Vejamos então o post de Sundar Pichai, CEO da Google e da Alphabet

A privacidade está no coração de tudo o que fazemos quer seja ao tornar as videoconferências no Meet seguras, protegendo-o de riscos de segurança, ao termos sido a primeira grande empresa a decidir não fazer uma API de reconhecimento facial para uso generalizado e disponível comercialmente ou ao termos criado claros Princípios de IA que proíbem o seu uso ou comercialização para vigilância. 

À medida que desenhamos os nossos produtos focamo-nos em três princípios: manter a sua informação segura, tratá-la de forma responsável e colocando o utilizador no controlo. Hoje, estamos a anunciar melhorias a este nível, incluindo mudanças nas práticas de retenção de dados nos nossos produtos mais importantes para que, por definição, se retenham menos dados.

Tratar os seus dados de forma responsável 

Acreditamos que os produtos devem manter a informação do utilizador apenas durante o tempo em que for útil e útil para o utilizador - quer estejamos a falar de encontrar os destinos favoritos no Maps ou obter recomendações úteis sobre o que ver no YouTube.

Foi por isso que introduzimos controlos para eliminação automática que lhe proporcionam a opção de escolha da Google apagar automaticamente e de forma contínua os seus dados do histórico de localização, de pesquisa e atividade de voz após três ou de 18 meses. Vamos continuar a desafiarmo-nos a fazer mais com menos e hoje estamos a mudar as nossas práticas de retenção de dados para tornar a eliminação automática como padrão nas nossas definições de atividade principais.

Eis como funciona. A partir de hoje, na primeira vez que ativar o Histórico de Localização -- que está desligada por definição -- a opção de eliminação automática será estabelecida, por definição, nos 18 meses. No caso da Atividade da Web e de apps a eliminação automática será definida, automaticamente, para 18 meses para novas contas. Isto significa que a seus dados de atividade serão apagados de forma automática e continuamente após 18 meses, em vez de mantidos até o utilizador decidir apagá-los.

Para os utilizadores que ativaram anteriormente o Histórico de Localização e a Atividade da Web e de apps, não vamos alterar as suas configurações. Mas vamos relembrar, de forma activa, os controlos de eliminação automática através de notificações e e-mails para que o utilizador possa definir o período de eliminação automática adequado a cada um.


À medida que introduzimos a retenção por definição em mais produtos somos guiados pelo princípio de que os produtos só devem manter a informação durante o tempo em que for útil para si. Por exemplo, iremos também trazer a eliminação automática por definição para o YouTube onde a eliminação automática será colocada, por definição, nos 36 meses caso crie uma nova conta ou ligue o histórico do YouTube pela primeira vez. Isto melhora a atual prática da indústria e garante que o YouTube pode continuar a fazer recomendações relevantes baseadas no que viu ou ouviu no passado -- como dar-lhe a conhecer que a sua série preferida já tem uma nova temporada ou que o seu cantor preferido tem um novo álbum. Os utilizadores atuais podem sempre escolher entre a opção entre 3 e 18 meses para a eliminação automática. Os períodos de retenção de dados não serão aplicados a outros produtos como o Gmail, Drive e Fotos, pois foram desenvolvidos para armazenar e proteger com segurança durante o período em que precisar de aceder a eles.

Como sempre, não vendemos a sua informação a ninguém e não usamos informação nas aplicações onde guarda os seus conteúdos pessoais -- como o Gmail, o Drive, o Calendário e o Fotos -- para fins de publicidade.

Controlo à sua maneira

A privacidade é algo muito pessoal e é por isso que estamos sempre a trabalhar para procurar proporcionar privacidade de acordo com os seus critérios - quer seja ajudando-o a gerir as suas definições com ferramentas proativas da sua Conta Google ou tornando-as mais simples de encontrar e aceder nos nossos produtos. Hoje, estamos a fazer atualizações em várias das nossas ferramentas de privacidade:

Controlos da Conta Google diretamente a partir da Pesquisa: Estamos a tornar mais fácil aceder aos controlos da Conta Google diretamente a partir da Pesquisa. Em breve, quando estiver com a sua Conta Google poderá pesquisar por coisas como: “Verificação de Privacidade Google” ou “A minha Conta Google é segura?” e nesse momento uma pequena caixa que será apenas visível para si irá mostrar-lhe as suas definições de segurança de modo a que possa facilmente revisá-las ou ajustá-las.


Acesso mais simples ao modo incógnito: Estamos a tornar o acesso ao modo incógnito ainda mais simples nas nossas apps mais populares, ao clicar longamente na sua imagem de perfil na Pesquisa, Maps e YouTube. Está disponível, a partir de hoje, na aplicação Google para iOS e em breve para Android e outras aplicações. Estamos também a trabalhar para tornar mais fácil manter-se no modo incógnito entre apps, tais como o YouTube e o Maps e em breve teremos mais novidades para partilhar.


Controlos de privacidade mais proativos: Anualmente, mais de 200 milhões de pessoas visitam o Verificação de Privacidade. Estamos a torná-lo mais útil adicionando-lhe recomendações proativas, incluindo guias com sugestões e dicas para o ajudar a gerir as suas definições de segurança. 

Protegendo proativamente a sua informação

A proteção da sua privacidade começa com a segurança mais avançada do mundo e é, por isso, que disponibilizamos proteções automáticas em todos os nossos produtos. E isto inclui a Navegação Segura que protege diariamente mais de 4 mil milhões de dispositivos de ameaças como o phishing e malware, e o Google Play Protect que verifica as suas aplicações antes, durante e após o download para ajudar a manter os seus dispositivos seguros.

Há cinco anos criámos a Verificação de Segurança, um único e fácil local para proteger a sua Conta Google. Agora, apenas com um clique, vamos disponibilizar uma vista rápida da segurança da sua conta e disponibilizamos recomendações personalizadas para ajudar a manter os seus dados seguros. Nas próximas semanas, o Verificação de Palavra Passe, a nossa ferramenta que verifica se as palavras passe são guardadas na sua Conta Google foram comprometidas, será agora uma parte essencial da Verificação de Privacidade.

Mais de 100 milhões de pessoas já utilizaram o Verificação de Palavra Passe e verificaram uma redução de 30% nas credenciais comprometidas - tem sido uma maneira incrivelmente eficaz de manter as pessoas seguras não apenas na Google, mas em toda a web. Tais como os outros elementos da Verificação de Privacidade vamos fornecer as informações necessárias para proteger automaticamente as contas do risco. Agora que foi feita a sua integração na Conta Google e no Chrome, iremos abandonar, nos próximos meses, a extensão do Chrome Verificação de Palavra Passe.


Investir em tecnologias de preservação da privacidade

Ser responsável com os seus dados significa mantê-los privados. É por isso que continuamos a avançar em tecnologias que preservam a privacidade e investimos em milhares de engenheiros de privacidade para tornar as nossas proteções mais fortes nos produtos da Google. Por exemplo, a privacidade diferencial alimenta os nossos Relatórios de Mobilidade da Comunidade que ajudam as autoridades de saúde pública a combater a COVID-19 usando os dados de localização de uma forma em que a privacidade é preservada. Também ajuda o Google Maps a utilizar dados agregados anonimizados para mostrar o quão ocupado está um restaurante em tempo real sem nunca revelar quem está no restaurante. Este ano, pela primeira vez na indústria, utilizamos simultaneamente a privacidade diferencial e aprendizagem federada, uma técnica que inventamos, para treinar modelos que sustentam o Gboard. Isto combina alguns dos métodos mais avançados para proteger a sua privacidade.

Tal como abrimos o Chromium para ajudar a melhorar a web aberta, estamos a abrir a nossa biblioteca de privacidade diferencial para tornar mais fácil incorporar privacidade em produtos na indústria. Isto já foi utilizado por programadores em todo o mundo. Agora estamos a alargar-la a novas linguagens de programação, incluindo Java e Go e a disponibilizar ferramentas adicionais para ajudar programadores a usarem machine learning para melhorar as proteções de privacidade.

O nosso trabalho irá continuar 

À medida que fazemos avanços na privacidade e na segurança dos nossos produtos, continuamos a defender a regulação de informação sensível em todo o mundo, incluindo legislação federal forte e abrangente sobre privacidade nos Estados Unidos. Para contribuir para este trabalho publicámos um framework regulatório elaborado a partir de modelos de privacidade de todo o mundo e leis de privacidade, como o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados na Europa, e também da nossa experiência própria no desenvolvimento de ferramentas com foco na privacidade.

Ao mesmo tempo que legisladores continuam o seu trabalho, nós continuamos o nosso, desafiando-nos a fazer produtos úteis com menos dados e ajuda a elevar os padrões de privacidade para todos.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: