Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Tribler - Cliente de torrent "académico" impossível de desligar

https://torrentfreak.com/academic-torrent-client-offers-a-safe-haven-for-pirate-sites-200623/
Share it:
BitTorrent é uma tecnologia descentralizada, mas a maioria dos sites de torrent depende de uma infraestrutura centralizada que pode facilmente ser apreendida ou "desligada". 


O cliente de torrent Tribler, desenvolvido pela Universidade de Tecnologia de Delft, elimina essas fraquezas. Pode fornecer um refúgio seguro para sites de torrent, e uma rápida navegação pelos canais de torrent do cliente. 

Tribler existe há quase 15 anos e durante esse período, tornou-se um cliente BitTorrent verdadeiramente descentralizado.

Ao contrário de outros softwares de torrent, o projeto é gerido por um grupo de investigadores que possuem o seu laboratório principal na Universidade de Tecnologia de Delft.

Impossível desligar

Desde os primeiros dias, o professor Johan Pouwelse, líder do projecto, esforçou-se para criar uma ferramenta de partilha de arquivos que seria impossível censurar ou desligar. 

"A única maneira de derrubar é derrubar a Internet", disse Pouwelse anteriormente.

Na semana passada, foi lançada a última versão estável do Tribler. Como a base de utilizadores é limitada, o anúncio não teve muito tempo de antena, mas aos "piratas" não escapou.

O Tribler é diferente da maioria das outras aplicações de torrents, porque também permite aos utilizadores encontrar torrents. Além disso, as pessoas podem criar e seguir canais que arquivam conteúdo. Isso tudo acontece sem que nenhum servidor central se envolva.

Em teoria, os sites de torrent podem re-publicar todos os seus arquivos num canal do Tribler. Isso seria praticamente impossível de desligar, pois todos os metadados - incluindo o próprio canal - são partilhados pela rede.

Canais de sites dedicados a torrents

Quando esses canais foram introduzidos pela primeira vez há alguns anos, não havia muita acção, mas hoje existem alguns canais bastante grandes. Embora possam não ser cópias 'oficiais' de sites de torrent, é claro de onde vem o material.

O maior canal de Tribler no momento é o "RuTracker não oficial", que lista mais de dois milhões de torrents. Actualmente, o RuTracker está proibido na Rússia, mas através do Tribler, esses arquivos estão facilmente disponíveis. 

Fonte: TorrentFreak

Outros canais populares também têm nomes ou marcas de sites piratas conhecidos. Isso inclui NYAA Torrents, com mais de 60.000 arquivos, além de YIFY, MVGroup e EZTV. Também existem nomes mais genéricos, como 'e-books', 'Movies' etc. 

Fonte: TorrentFreak

Todos esses canais sobreviverão e permanecerão enquanto as pessoas continuarem a propagar os arquivos, mesmo que os sites deles fiquem offline.
Sem Censura

O Tribler não tem controle sobre o conteúdo que aparece no cliente. Os pesquisadores apenas oferecem tecnologia, que parece ser popular entre os piratas.

Embora um cliente de torrent verdadeiramente descentralizado com recursos de anonimato seja certamente impressionante, a tecnologia também tem suas desvantagens. A descoberta de novos conteúdos pode levar tempo, pois todas as informações vêm de outras pessoas na rede. Além disso, mais anonimato significa mais uso de largura de banda e downloads mais lentos.

Isso significa que, para o utilizador médio de torrent, o Tribler pode ser frustrante às vezes. No entanto, isso não tira nada do fato de que é o cliente de torrent tecnicamente mais progressista do mercado. Além da descentralização e do anonimato, há também uma economia criptográfica integrada.

Fonte: Torrentfreak
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: