Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Tribunal decidiu o bloqueio de 56 servidores de IPTV 'piratas' por parte das operadoras Italianas

Tribunal decidiu o bloqueio de 56 servidores de IPTV 'piratas' por parte das operadoras Italianas
Share it:
Após uma denúncia da liga de futebol da Série A, um tribunal italiano ordenou 'medidas preventivas' que exigem que os ISPs do país bloqueiem 56 servidores conectados aos serviços de IPTV piratas.

Tribunal decidiu o bloqueio de 56 servidores de IPTV 'piratas' por parte das operadoras Italianas

De acordo com a Guardia di Finanza, do governo, sete 'estruturas' de IPTV foram tornadas "inutilizáveis".

Os direitos de transmissão de futebol ao vivo na Europa são um grande negócio, mas, de acordo com as principais ligas, o desporto está a ser prejudicado por serviços piratas que oferecem assinaturas ilícitas baratas.

A semana passada, a Premier League obteve uma autorização onde obriga os ISPs irlandeses a realizar o bloqueio "dinâmico" dos serviços IPTV piratas. Seguindo essa ordem, as autoridades italianas estão a relatar uma nova operação destinada a impedir a pirataria de partidas transmitidas pela liga local de primeira divisão, Série A.

Depois de receber uma reclamação da liga A, uma investigação foi realizada pela Unidade de Bens e Serviços Especiais da Guardia di Finanza, uma agência governamental encarregada de combater crimes financeiros.

Esta unidade, que realizou inúmeras operações antipirataria ao longo dos anos, trabalhou com o promotor no Tribunal de Roma para construir uma ordem de bloqueio para interromper as actividades dos alvos piratas.

O Tribunal de Roma já proferiu uma ordem que exige que os fornecedores locais de Internet bloqueiem 56 servidores conectados ao fornecimento de serviços IPTV piratas na Itália e no exterior. 

A agência diz que espera tornar 'inutilizáveis' pelo menos 160.572 assinaturas ilegais de clientes organizadas dentro de um sistema de sete fornecedores ilegais de IPTV.

A investigação também descobriu uma grande rede de revendedores ligados ao negócio, 900 no total, com mais de 600 directamente vinculados a clientes na Itália e o restante operavam no exterior.

Um pacote típico oferecido pelos revendedores tinha cerca de 450 canais de TV mais 30.000 filmes e séries.

A acção foi bem recebida pelo grupo local antipirataria FAPAV, que estima que o grupo pirataria mova cerca de 1,6 milhão de euros por mês.

Este é mais um episódio da guerra e se tens alguma assinatura "pirata" já sabes porque falhou.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: