Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Google lança ferramenta com inteligência artificial para descodificar hieróglifos egípcios

Google lança ferramenta com inteligência artificial para descodificar hieróglifos egípcios
Share it:
Descodificando os hieroglifos egipcios com a ajuda do Machine Learning

Google lança ferramenta com inteligência artificial para descodificar hieróglifos egípcios 

Hoje assinala-se o aniversário da descoberta da Pedra de Roseta, a ferramenta que desvendou, pela primeira vez, o mistério dos antigos hieróglifos egípcios. Os antigos egípcios usaram este sistema de escrita mais de 4.000 anos para gravar as suas histórias, mas apenas um grupo restrito sabia como os ler e escrever.

Graças à nova ferramenta Fabricius do Google Arts & Culture, hoje também é possível que qualquer pessoa pode descobrir interativamente este idioma fascinante através de três formas: Primeiro, o utilizador pode "aprender" sobre o idioma do antigo Egito acompanhando uma breve introdução educacional em seis passos.

Em segundo lugar, Fabricius convida o utilizador a "Jogar" e a traduzir as suas próprias palavras e mensagens em hieróglifos prontos para serem partilhados com os seus amigos e familiares.

Ao mesmo tempo que a ferramenta Fabricius é a sua porta de entrada para aprender e para escrever com hieróglifos, por último, ela também proporciona novos caminhos para a pesquisa académica. Até agora, os especialistas precisavam pesquisar manualmente por entre livros para traduzir e decifrar o idioma antigo - um processo que permaneceu praticamente inalterado por mais de um século. O Fabricius inclui a primeira ferramenta digital - que também está a ser lançada em código aberto para permitir desenvolvimentos adicionais no estudo de idiomas antigos - que descodifica hieróglifos egípcios a partir de machine learning. Especificamente, a tecnologia AutoML da Google Cloud, o modelo AutoML Vision, foi utilizado para criar um modelo de machine learning de forma a ser capaz de entender o que é um hieróglifo. Antes, seria preciso uma equipa de cientistas de dados, muita programação e muito tempo mas agora o AutoML Vision permite que os programadores treinem facilmente uma máquina para reconhecer todos os tipos de objetos.


Um conjunto de ferramentas - somente para desktop - que utiliza o Cloud ML para ajudar os especialistas no seu fluxo de trabalho para decifrar hieróglifos egípcios


A Pedra de Roseta é uma chave importante para decifrar os hieróglifos egípcios, porque a mesma inscrição está escrita em três idiomas: hieróglifos, escrita demótica egípcia e grego

Disponível em inglês e árabe, Fabricius recebeu o nome do pai da epigrafia, o estudo de inscrições antigas. Criámo-lo em colaboração com o Centro Australiano de Egiptologia da Universidade Macquarie, Psycle Interactive, Ubisoft e com Egiptólogos de todo o mundo.

O utilizador também pode explorar mais histórias sobre as maravilhas do antigo Egipto, incluindo o famoso rei Tutankamon, as pirâmides de Gizé e o Livro dos Mortos. E se se tratar de um professor que usa o Google Classroom, criámos recursos acerca do antigo Egipto para também poder utilizar. Explore mais histórias sobre o antigo Egito, ao descarregar, gratuitamente, a aplicação Google Arts & Culture ou visite o site do Google Arts & Culture.

Saiba mais sobre a Fabricius no post assinado por Chance Coughenour, Program Manager, Google Arts & Culture .
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: