Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Lenovo oferece um novo computador de alto desempenho à Max Planck Society

Lenovo oferece um novo computador de alto desempenho à Max Planck Society
Share it:
  • Implementação de € 20 milhões no projeto a partir de maio de 2020
  • O projeto inclui o fornecimento de hardware com infraestrutura inovadora de refrigeração em dois estágios, software, além do suporte operacional e serviços abrangentes.
Lenovo oferece um novo computador de alto desempenho à Max Planck Society

O Lenovo Data Center Group (DCG) anuncia que assinou um contrato para fornecer um novo computador de alto desempenho para a Max Planck Society. O supercomputador será instalado em Garching, perto de Munique, e será utilizado pela Max Planck Computing e Data Facility. A instalação começou em maio de 2020 e o comissionamento do sistema final está planeado para o início de 2021.

O projeto prevê que a Lenovo forneça futuros recursos de computação de alto desempenho para uma das instituições de pesquisa mais bem-sucedidas e reconhecidas, não apenas na Alemanha, mas no mundo. Além de fornecer a infraestrutura de refrigeração, hardware e software, o projeto de 20 milhões de euros também inclui suporte operacional e serviços abrangentes da Lenovo.

A contribuição da Lenovo para a ciência e investigação

Com a tecnologia avançada de refrigeração líquida Neptune ™ da Lenovo, o supercomputador fornecerá poder de computação em vários institutos Max Planck, contribuindo substancialmente para a ciência e investigação.

O novo sistema visa aumentar significativamente a capacidade de computação existente do complexo de computação de alto desempenho instalado em 2018, com um desempenho máximo agregado de 12 PFlop / s.

A decisão da Max Planck em trabalhar com a Lenovo enquanto parceiro confiável de data center não se baseou apenas no desempenho do hardware. A oferta da Lenovo foi a solução vencedora devido aos recursos de ponta a ponta e à integralidade do pacote, que inclui suporte no local para operação e manutenção pelos funcionários da Lenovo, além de outros serviços, como suporte a aplicações.

Comentando a eficiência de recursos do cluster HPC configurado pela Lenovo, Dr. Hermann Lederer, do Max Planck Computing e Data Facility (MPCDF): "O que é impressionante é a combinação do alto desempenho de todo o sistema, com a sua alta eficiência energética e alta compacidade, arrefecimento de água diretamente, baixos requisitos de espaço/infraestrutura e altos níveis de serviço para o suporte a sistemas e aplicações".

Poderoso e energeticamente eficiente através do resfriamento a água

Com mais de 100.000 núcleos e GPUs de última geração, o novo sistema da Lenovo não só suporta e acelera as pesquisas de última geração, mas é também altamente eficiente em termos de energia. Ao contrário do antecessor, o novo cluster HPC da Max-Planck é arrefecido por água em dois estágios. Durante o primeiro estágio, todos os componentes essenciais das placas são arrefecidos diretamente com a tubagem de cobre com circulação de líquido. O segundo estágio arrefece adicionalmente todos os racks usando o Rear Door Heat Exchanger (portas traseiras refrigeradas a água) para dissipar 100% do chamado calor residual da convecção na água. Esse processo de resfriamento reduz consideravelmente o consumo de energia e permite que os processadores trabalhem no ponto ideal de operação. Além disso, o conceito de resfriamento de dois estágios aumenta significativamente a eficiência energética geral do sistema de resfriamento: nenhum calor é dissipado no ar ambiente do data center, o que, por sua vez, reduz a energia necessária para mantê-lo fresco. Além dos mais recentes servidores de arrefecimento de água direto da série ThinkSystem da Lenovo, são utilizados os mais recentes produtos de GPU da Nvidia, o Tesla A100.

A instalação já começou

Após o trabalho preparatório inicial em março, a Lenovo já começou a instalar a infraestrutura de refrigeração. O primeiro subsistema está programado para entrar em operação ainda neste verão. No início de 2021, o sistema será equipado com os mais recentes processadores Intel e uma proporção correspondente de GPUs Nvidia A100.

Além de fornecer a infraestrutura e o hardware, o Lenovo Data Center Group também gere a manutenção do cluster e fornecerá serviços para a Max Planck Computing e Data Facility como parte do contrato.

“Estou muito satisfeito pela Max Planck Society ter escolhido a Lenovo e tenho uma grande confiança na nossa experiência em HPC”, diz Andreas Thomasch, Director de HPC e AI, DACH (Alemanha, Áustria e Suíça), Lenovo Data Center Group. “Equipar uma instituição tão importante e reconhecida internacionalmente como MPCDF com um sistema Lenovo é algo especial. Estou convencido de que estamos a oferecer aos investigadores um sistema HPC de resfriamento a água Neptune ™ altamente eficiente e sustentável como uma ferramenta importante para a ciência. ”
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: