Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

StayAway Covid - Um pau de dois bicos?

StayAway Covid - Um pau de dois bicos?
Share it:

A aplicação StayAway covid está envolta em grande polémica devido ao ser uma devassa da privacidade mas a verdade é que esta aplicação nem recolhe assim tantos dados, pelo menos em comparação com aplicações como Facebook ou Instagram.

Nós já aqui indicamos que quais a vantagens de a instalar mas também falta verificar mesmo a eficácia desta e há muitas questões por responder. A imagem em baixo é ilustrativa disso.


Falta talvez por parte das autoridades uma aplicação mais detalhada do real funcionamento desta aplicação.

A nível de privacidade, embora a aplicação STAYAWAY COVID não aceda aos dados de identificação do utilizador (por exemplo, nome, morada, números de identificação, aplicações de redes sociais, etc.), nem recolha dados de localização do utilizador ou de terceiros (por exemplo, o local onde ocorreu o risco de contágio), isto não significa que a sua utilização não implique um risco de identificabilidade e de localização do utilizador.

A aplicação só funciona com a interface “Bluetooth Low Energy” (BLE) ativa, o que permite, de forma precisa, saber a localização de telemóveis, que emitem sinais que podem ser lidos por recetores instalados em qualquer local (por exemplo, na via pública). Logo, não é possível afirmar que não existe um risco de rastreamento da localização e das deslocações do utilizador por terceiros mas comumente os utilizadores já andam com o Bluetooth activo.

O risco de devassa aqui é menor do que os dados recolhidos pelas redes sociais, existe é uma diferença, nas redes sociais somos nós que livremente autorizamos isso e neste caso poderemos a vir ser obrigados para o bem comum e combate à pandemia.

Sucede no entanto que a Google e a Apple ficam com o verdadeiro endereço da interface de “Bluetooth” e não é verdadeiramente possível saber como estes colossos informáticos utilizam ou utilizarão a informação no futuro. 

O código do sistema GAEN não é um código aberto, pelo que não se encontra sujeito a escrutínio, podendo, inclusive, ser alterado por livre iniciativa da Google ou da Apple. Os próprios criadores da aplicação STAYAWAY e o responsável pelo tratamento dos dados, que, no caso, é a Direção Geral da Saúde, tão-pouco detêm o controlo total dos dados dos utilizadores, uma vez que o tratamento é realizado pelo sistema operativo dos dispositivos móveis do utilizador. 

A aplicação STAYAWAY foi concebida para que a informação fique parcialmente descentralizada (o armazenamento das chaves e dos identificadores recebidos de terceiros com quem se teve um contacto de proximidade são remetidos para o telemóvel do utilizador), o que, do ponto de vista da proteção dos dados, permite mitigar o nível de afetação dos direitos dos utilizadores. 

Um outro aspeto positivo são que os dados são tratados de forma a que deixem de poder ser atribuídos a um indivíduo específico, o que dificulta a utilização de dados para outras finalidades.

Resumindo, se houvesse aqui um maior detalhe e informação de como realmente funcionam as coisas muita da especulação acabava e era mais vantajoso para todos.

Mas de momento e para evitar-mos novo confinamento, a aplicação pode ser uma ajuda preciosa.

Se queres mesmo ver o que é uma devassa da privacidade do Utilizador vê o documentário Social Dilemma que sem dúvida te vai deixar a pensar!

ITO - NETthings: The Social Dilemma - Profundo mas deve ser visto - Netflix

Este documentário de Jeff Orlowski explora como vícios e violações de privacidade das redes sociais. Não são bugs mas sim recursos necessários. Este é um filme/documentário que devemos ver e acima de tudo analisar profundamente e tentar executar uma autocrítica ao nosso comportamento.



Não te esqueças de visitar a página do Facebook

Informatic Home

A nova temporada irá viajar até à corte convulsiva da Inglaterra do século XVI, à Espanha pós-guerra civil, passando pela movida madrilena ou pela Era de Ouro de Velázquez The new season will travel to the seizure of England from the th century, to post-civil war Spain, through the madrilena or the Golden Age of Velázquez
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: