Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

HDMI vs DVI: Qual o melhor?

HDMI vs DVI
Share it:
É uma duvida legitima, e que quem usa só um ecrã pergunta qual a melhor ligação destas duas para ter melhor desempenho no monitor.

HDMI vs DVI

O objectivo deste artigo é saber qual o melhor tipo de cabo para ligar ao monitor do PC ou à TV e também dar a conhecer as definições de HDMI e DVI bem qual o melhor para tirar proveito dos seus dispositivos.

Geralmente dentro da caixa do monitor ou TV, quando compras um novo, tem um cabo e embora seja fácil conectá-lo e começar a trabalhar, é recomendável verificar se ele é o melhor para a tua configuração e utilidade que queres.

A maneira como um monitor ou TV é conectado a outros dispositivos pode ter um impacto noutros recursos, como qualidade de sinal, compatibilidade ou taxas de contraste e actualização.

Muitas vezes, é uma escolha entre duas opções: HDMI ou DVI. E entre estes dois existem diferenças significativas que vamos então ver.

HDMI


HDMI significa High Definition Media Interface e é o padrão para HDTVs. É também na maioria dos monitores de computador e fácil de usar, já que também transporta áudio.

Neste momento vai na versão 2.1 e esta versão traz grandes novidades:
  • Suportará conteúdo em resoluções até 10K. 
  • Suportará taxas de actualização de 120 Hertz a 10K de resolução. 
  • A actualização 2.1 adiciona um recurso “Game Mode VRR”, que permite que um dispositivo de origem, como um PC ou consola de jogos, sincronize sua taxa de actualização com um monitor conectado. 
  • O HDMI 2.1 suportará HDR como o 2.0 , mas também trará metadados dinâmicos, o que permite que a faixa exacta de luminância seja variada numa base “por frame”, como acontece com o Dolby Vision HDR. Os metadados dinâmicos do HDMI 2.1 funcionarão com o padrão aberto HDR 10. Isso significa melhor imagem HDR para dispositivos mais baratos. 
  • O áudio também será impulsionado. O Enhanced Audio Return Channel habilitará esquemas de áudio baseados em objectos similares ao Dolby Atmos e DTS X. Isso torna o áudio posicional mais realista, independentemente do som que tens. 

É claro que, para aproveitar todas as coisas do HDMI 2.1 precisas dispositivos compatíveis com isso.

DVI


Significa Digital Visual Interface, é o mais antigo dos dois e provavelmente está em fase final de vida. O sinal de vídeo é basicamente o mesmo que HDMI, apenas sem o áudio.

Esta tecnologia tem sido substituída pelo HDMI, mas ainda é muito utilizada , principalmente em sistemas de dois ou mais ecrãs.

HDMI vs DVI


A primeira diferença vem no design, são completamente diferentes. O HDMI é uma conexão muito menor, aproxima-se de o tamanho de uma USB enquanto o DVI é muito maior e significativamente mais confuso.

Na verdade, um cabo DVI pode ter variações, embora o layout mais comum seja uma configuração de 24 pinos que se parece muito com SCART.

O DVI está disponível em três variantes principais: DVI-I (analógica e digital) e DVI-A (puramente analógica) e DVI-D (digital), sendo esta última muito mais comum no mercado actualmente.

Enquanto existem diferentes modelos de HDMI, basicamente no mercado estão as ultimas duas versões, a 2.0 e a 2.1. No DVI não é assim e torna-se mais confuso.

Outra diferença significativa entre os dois é que o HDMI suporta até 32 canais de áudio, enquanto o DVI é somente de vídeo.

A maior questão ao comprar cabos é a compatibilidade. Ninguém gosta de comprar um monitor sofisticado e depois descobrir que o hardware não tem as portas certas para conectá-lo. É provável que um cabo HDMI seja compatível com os PCs, monitores e consolas de jogos mais modernos, enquanto o DVI é geralmente mais raro.

O que acontece muitas vezes é termos uma PC com HDMI e um monitor com DVI mas isso não é problema nos dias de hoje devido aos adaptadores, e vice-versa, a mesma coisa.

Agora vamos ver uma das principais diferenças, as taxas de actualização e qualidade. O 4K tornou-se usual e aqui as diferenças tornaram-se mais notórias.

Com HDMI 2.0, o suporte foi adicionado para 60Hz (o que corresponde aproximadamente a 60 frames por segundo) em resoluções 4K, enquanto isso foi limitado a apenas 24Hz nas versões anteriores. Beneficia também do HDR, uma tecnologia que está se torna cada vez mais disponível em dispositivos de ponta, o que essencialmente permite uma maior gama de detalhes em diferentes qualidades de luz.

Outra diferença é que o HDMI suporta protecção contra cópia HDCP como padrão, enquanto o DVI não suporta. Este é um sistema que impede que o conteúdo HD, como vídeos BluRay, seja reproduzido em dispositivos não autorizados.

Taxa de actualização tornou-se uma consideração importante principalmente para o mercado gaming. Taxas mais altas podem oferecer uma experiência de PC mais suave, mais eficaz e melhor para os nossos olhos.

Uma taxa de actualização pode ser simplesmente considerada como o número de frames por segundo que um monitor é capaz de lançar, com 144Hz oferece um potencial de 144 frames por segundo. Em versões mais recentes, o HDMI alcançou o DVI, já que ambos podem produzir 144hz a 1080p.

O DVI fornece suporte para 144Hz, embora para as taxas de actualização ultra-altas precisas de um cabo DVI-D de link duplo.

Aqui já não se encontram muitas diferenças, com a globalização, literalmente encontramos estes dois tipos de cabos ao "preço da China". Claro que existem cabos com qualidade superior e daí preços mais elevados, principalmente no HDMI.

Veredicto Final


Funcionalmente, os cabos HDMI e DVI são basicamente idênticos no que respeita à parte do Vídeo. Se queres audio incorporado, tens que obrigatoriamente optar por HDMI.

Agora e antes de tudo, deves escolher o cabo consoante o teu equipamento, se não terá que procurar por adaptadores.

Se precisas de taxas de actualização ultra-altas, a melhor aposta é HDMI actualmente.

Outras das vantagens do HDMI, mais concretamente na versão 4.1 é já ter suporte para resoluções até 10K.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: