Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Lenovo atinge valor de receita e lucros antes de impostos mais elevados de todos os tempos no ano fiscal 19/20, superando os desafios económicos mundiais para emergir em posição de força

Lenovo atinge valor de receita e lucros antes de impostos mais elevados de todos os tempos no ano fiscal 19/20, superando os desafios económicos mundiais para emergir em posição de força
Share it:
  • Receita anual superior a 50 mil milhões de dólares pelo segundo ano consecutivo; 
  • Os lucros antes de impostos (PTI) atingiram um máximo histórico de 1,02 mil milhões de dólares, cerca de 19%. Lucro líquido de 665 milhões de dólares, um aumento de 12% comparativamente ao ano anterior e acima do consenso de mercado; 
  • Ano de progressos para Software e Serviços, com receita* de 3,5 mil milhões de dólares (um crescimento de 43% face ao período homólogo), impulsionando toda a transformação do Grupo; 
  • Quarto trimestre afetado pelo COVID-19, mas minimizado pela pegada global de produção e pela excelência operacional da cadeia logística, atingindo resultados além das expectativas de mercado. 
Lenovo atinge valor de receita e lucros antes de impostos mais elevados de todos os tempos no ano fiscal 19/20, superando os desafios económicos mundiais para emergir em posição de força

O Lenovo Group (HKSE: 992) (ADR: LNVGY) anunciou hoje fortes resultados para todo o ano fiscal e para o quarto trimestre, demonstrando a posição de força da empresa perante uma transformação global sem precedentes. Apesar de um ano fiscal repleto de desafios macroeconómicos e do próprio setor, a empresa registou uma receita anual superior a 50 mil milhões de dólares (50,7 mil milhões de dólares) pelo segundo ano consecutivo. A lucratividade permaneceu elevada, com um lucro pré impostos histórico de 1,02 mil milhões de dólares, um aumento de quase 19% em comparação ao ano anterior. O lucro líquido anual foi de 665 milhões de dólares, um aumento de 12% face ao período homólogo. 

O resultado básico por ação para o ano inteiro foi de 5,58 centavos de dólar americano ou 43,61 centavos de dólar de Hong Kong e, no quarto trimestre, esse resultado foi de 0,36 centavos de dólar americano ou 2,80 centavos de dólar de Hong Kong. O Conselho de Administração da Lenovo declarou um dividendo final de 2,77 centavos de dólar americano ou 21,50 centavos de dólar de Hong Kong por ação, encerrando o ano fiscal a 31 de março de 2020. 

“Perante um dos períodos mais significativos de mudança e transformação mundial que já vimos, a Lenovo transformou significativamente os seus negócios no ano passado. Desde atingir um lucro pré impostos histórico de 1,02 mil milhões de dólares, até ao recorde de receita de 50,7 mil milhões de dólares, não podia estar mais orgulhoso do nosso forte desempenho”, afirmou Yang Yuanqing, Presidente e CEO da Lenovo. “Também me sinto incrivelmente orgulhoso pela forma como continuamos a responder perante esta pandemia mundial, como cidadão comercial e corporativo. Enquanto o mundo continua a enfrentar tempos incertos, estou confiante de que a Lenovo irá potenciar a sua excelência operacional e presença mundial para continuar a implementar a nossa estratégia de transformação inteligente e aproveitar na totalidade as oportunidades que a nossa ‘nova norma’ nos oferece”. 

Ambiente do mercado global e perspetiva 

Os últimos 12 meses apresentaram vários desafios por todo o setor, incluindo incertezas geopolíticas, escassez de oferta no setor, impacto no mercado cambial e, no quarto trimestre, a pandemia mundial do COVID-19. No que diz respeito ao coronavírus, os negócios alavancaram o poder de mais de 30 locais de produção interna e de terceiros por todo o mundo para ajustar a capacidade e reequilibrar a produção. Esse equilíbrio geográfico, flexibilidade e resiliência inata permaneceram no centro da excelência operacional demonstrada ao longo do ano, garantindo que a empresa continuasse a produzir equipamentos e a fornecer os pedidos aos clientes durante o quarto trimestre. No futuro, esta capacidade fundamental, juntamente com a inovação contínua, irá continuar a impulsionar os negócios à medida que a empresa continua a aproveitar as oportunidades de crescimento a longo prazo que este ‘novo normal’ de trabalhar e estudar em casa está a proporcionar. Esta tendência não está apenas a potenciar um crescimento de PCs e smart devices, mas também de data centers e infraestruturas de suporte para fornecer redes mais rápidas e consumo digital. 

Visão geral dos negócios do grupo durante o ano fiscal 

Intelligent Devices Group (IDG) da Lenovo continua a liderar os resultados positivos da empresa. PC e Smart Devices Group (PCSD), uma das duas unidades de negócio IDG, lidou o caminho com uma receita anual de quase 40 mil milhões de dólares, um aumento de 3,6% comparativamente ao ano anterior. A lucratividade melhorou, com um recorde de 2,3 mil milhões de dólares (mais de 18% face ao período homólogo) de lucro pré impostos e uma margem PTI elevada de 5,9%, mais 0,7 pontos em relação ao ano anterior. Este forte crescimento sustentável é impulsionado por uma estratégia consistente para focar e investir em segmentos com elevado crescimento, como o Gaming, Workstations, Visuals, Thin & Light e Chromebooks, cada um continua a crescer em dois dígitos, superando significativamente o mercado. 

A segunda unidade de negócios do IDG, o Mobile Business Group (MBG), estava na meta de um ano inovador até ao impacto no quarto trimestre com o fecho obrigatório da principal fábrica de smartphones da empresa, em Wuhan, devido ao COVID-19. A receita geral da MBG caiu e o prejuízo do lucro (pré impostos) foi de 43 milhões de dólares, bastante reduzido face aos 96 milhões de dólares do ano anterior. A empresa continuou focada na inovação, reentrando no segmento premium com o icónico smartphone dobrável Motorola razr.

Por sua vez, o Data Center Group (DCG) registou um declínio geral da receita em 8,7% comparativamente ao ano anterior, devido à inferior demanda em Hyperscale e uma redução acentuada dos preços dos componentes, mas a non- hyperscale cresceu 5,3% em receita comparativamente ao ano anterior. Este crescimento foi impulsionado pelo crescimento da receita em dois dígitos em Software Defined Infrastructure (SDI), Armazenamento, Software e Serviços. Em particular, a receita de Armazenamento cresceu mais de 50% no último ano. Além disso, o volume de servidores on-hyperscale cresceu 14%, com as receitas do Mercado chinês a aumentar 23% no último ano. A empresa também ampliou a sua liderança como número um em High Performance Computing com 173 dos 500 principais sistemas atualmente por todo o mundo em execução na Lenovo.

A Transformação Inteligente estratégica da Lenovo demonstraram um sólido progresso. A receita smart IoT praticamente quadruplicou (+296%) no último ano, impulsionada pela realidade virtual, Smart Office e Internet of Things. A infraestrutura inteligente cresceu 37% face ao período homólogo quando a Network Function Virtualization começou a gerar receita. Por sua vez, a receita de Smart Vertical mais que duplicou (+133%), através do elevado crescimento do Data Intelligence Business Group, soluções de saúde e educação inteligentes. Software e serviços tiveram um ano de avanço com uma receita recorde de 3,5 mil milhões de dólares, um amento de 43,2% em relação ao ano anterior e tornando-se no catalisador de crescimento do Grupo.

Destaques do quarto trimestre: 
  • A receita do grupo no trimestre foi de 10,6 mil milhões de dólares, uma queda de 9,7% em relação ao ano anterior. O lucro pré impostos foi de 77 milhões de dólares e o lucro líquido foi de 43 milhões de dólares. 
  • PC e Smart Devices apresentaram um trimestre forte. A receita caiu 4,4% em relação ao ano anterior, mas o lucro antes de impostos melhorou 15% (525 milhões de dólares x 458 milhões de dólares) no último ano, impulsionando a lucratividade líder da indústria da empresa em 1 ponto inteiro para um recorde de 6,2%. 
  • O volume de PCs superou o mercado em quatro pontos, ampliando a liderança da empresa e a principal posição no mercado global. A receita de PC superou o mercado em todas as regiões do mundo. 
  • O Mobile Business Group foi impactado pelo COVID-19, com a principal fábrica mundial de smartphones da empresa, em Wuhan, a ser fechada por grande parte do trimestre. Apesar disso, o negócio alavancou a sua presença global de produção e produziu 6 milhões de smartphones durante o trimestre. 
  • No Data Center, o volume de servidores continuou com um crescimento de dois dígitos (14%) face ao período homólogo. A receita em Hyperscale permaneceu um desafio devido a uma redução acentuada dos preços dos componentes, mas os negócios on-hyperscale aumentaram a receita em quase 4% no último ano, impulsionados pelos principais drivers de crescimento e lucro como Software Defined Infrastructure, Armazenamento, Software e Serviços 

* receita faturada
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: