Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Fundación Cepsa premeia 5 instituições portuguesas

Fundación Cepsa premeia 5 instituições portuguesas
Share it:
Prémios ao Valor Social da Fundación Cepsa apoiam 5 projetos de ação solidária em Portugal 

Um dos projetos premiados dá resposta às necessidades provocadas pela Covid-19
Fundación Cepsa premeia 5 instituições portuguesas
A 16ª edição dos Prémios ao Valor Social, da Fundación Cepsa, distinguiu este ano 5 projetos de ação solidária, implementados em Portugal. Serão distribuídos mais de 56 mil euros pelas 5 instituições vencedoras, de forma a apoiar os programas que desenvolvem.

Um dos projetos dá, também, resposta às necessidades provocadas pela pandemia. É o caso do “Brigada Sénior”, promovido pela Associação Nacional de Apoio ao Desenvolvimento, Investigação e Comunidade (ANADIC), que vai receber 10.500€. Tem como principais objetivos: aumentar a autoestima; diminuir o isolamento social e apoiar a família e os cuidadores dos idosos. O atual quadro de pandemia reforçou o problema do isolamento sénior. Através do acompanhamento e também da formação aos cuidadores informais, pretende-se, com este projeto, garantir uma mudança de mentalidade e uma maior sensibilização para esta realidade, promovendo um envelhecimento mais digno e saudável e prevenindo o isolamento social.

“Uma Casa, Muitas Famílias”, da Associação Aprender em Parceria - A PAR; é outros dos premiados e vai receber 12.000€. Tem como objetivos: contribuir para o bem-estar e o desenvolvimento das famílias; ajudar as famílias na melhoria do seu relacionamento com as crianças; apoiar e dar suporte a famílias em situações de vulnerabilidade; capacitar educadores e outros agentes para melhorar o seu desempenho na ação educativa e social junto desses núcleos familiares.

Foi igualmente distinguido o projeto “Semear Emprega”, da associação Inclusão para a deficiência (BIPP); que irá receber 11.591€. Trata-se de um programa de inclusão social que tem como objetivo a melhoria da qualidade de vida de jovens e adultos com deficiência intelectual, através da sua integração no mercado de trabalho. Com o apoio de uma equipa de técnicos de empregabilidade, o Semear desenvolve com estas pessoas competências profissionais, desde o início da formação até ao processo de integração, apoiando não só o jovem, mas também a empresa que o integra.

O projeto “Mães Brilhantes - Empowerment de Famílias Monoparentais Femininas”, da Fundação Salesianos IPSS, vai receber 10.415€. Tem como fim o acompanhamento de mães de famílias monoparentais em situação de vulnerabilidade, de forma a responder e ser um apoio efetivo aos vários desafios que estas mães e as suas famílias enfrentam. Nesse sentido, o programa está assente no desenvolvimento de competências a vários níveis: parental, pessoal, social e profissional.

Já o “Academia da Mudança”, promovido pela Associação Serve the City Portugal (STC), vai receber 12.000€. Trata-se de um projeto que fomenta a inclusão social, a participação e a cidadania ativa de pessoas em diferentes situações de vulnerabilidade social, sobretudo pessoas em situação de sem abrigo, estimulando-as a novos percursos de aprendizagem. O bem-estar cognitivo é estimulado através da ocupação de tempos livres e da participação em ateliês de conteúdos educativos, técnicos, artesanais, artísticos ou culturais.

O painel de jurados que elegeu estes 5 projetos portugueses foi composto por Conceição Zagalo (Presidente do Conselho Consultivo do GRACE, Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial) e por cinco elementos da Cepsa Portuguesa.

A nível Global, a Fundación Cepsa recebeu este ano um número recorde de candidaturas, foram 435 no total. Com o objetivo de incluir também ações solidárias relacionadas com a Covid-19, foi aumentado o valor dos prémios para 500 mil euros, mais 100 mil do que em edições anteriores, a distribuir por perto de 40 associações de Espanha, Portugal, Colômbia e Brasil.

Os Prémios ao Valor Social foram criados em 2005, com o intuito de reconhecer e promover a atividade social de diferentes entidades que trabalham para melhorar a qualidade de vida de grupos muito diversos: pessoas em situação de vulnerabilidade social, desempregados, doentes, pessoas com diversidade funcional, grupos étnicos, infância, jovens e adolescentes, idosos ou vítimas de violência de género, entre outros.

Nos últimos 15 anos, estes prémios já permitiram desenvolver mais de 340 projetos, que melhoraram a qualidade de vida a cerca de 40 mil pessoas.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: