Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Célula de combustível estacionária: Bosch planeia iniciar produção em grande escala em 2024

Célula de combustível estacionária: Bosch planeia iniciar produção em grande escala em 2024
Share it:
Aliança com Ceres Power reforçada

Célula de combustível estacionária: Bosch planeia iniciar produção em grande escala em 2024
  • Bosch e Ceres Power intensificam parceria para se prepararem para produção em larga escala.
  • O objetivo é uma capacidade de produção anual de cerca de 200 megawatts.
  • Até 2024, a Bosch planeia investir centenas de milhões de euros na célula de combustível de óxido sólido (SOFC).
  • Christian Fischer: “Vemos a célula de combustível de óxido sólido altamente eficiente como um elemento essencial para o fornecimento de energia sustentável.”
  • Com uma eficiência geral de mais de 85%, a célula de combustível de óxido sólido é claramente superior a qualquer outro conversor de energia.
A Bosch está a intensificar a aposta nas células de combustível estacionárias. Em 2024, o fornecedor de tecnologia e serviços pretende iniciar a produção em larga escala de estações de energia distribuídas com base na tecnologia de células a combustível de óxido sólido - daí o acordo para intensificar a aliança com a Ceres Power. Após uma fase de construção do protótipo bem-sucedida, as duas empresas querem agora avançar, inicialmente com o processo de pré-comercialização de células de combustível estacionárias. Para sistemas SOFC, a Bosch visa uma capacidade de produção anual de cerca de 200 megawatts. Isso é suficiente para abastecer cerca de 400.000 pessoas com eletricidade nas suas casas. 

A Bosch está a planear produzir os sistemas de célula de combustível estacionários nas suas fábricas em Bamberg, Wernau e Homburg, bem como nas suas unidades de desenvolvimento em Estugarda-Feuerbach e Renningen - investindo centenas de milhões de euros até 2024. Isso significa que a Bosch está a posicionar-se claramente como um fornecedor de sistemas para células de combustível estacionárias com criação de valor próprio. Uma aplicação pretendida da tecnologia SOFC será em pequenas centrais elétricas distribuídas e habilitadas para conectividade, que podem ser usadas em cidades, fábricas e comércio, data centers e infraestruturas de carregamento de veículos elétricos. 

A Bosch estima que o mercado de geração descentralizada de energia atingirá um volume de 20 mil milhões de euros até 2030. No total, mais de 250 colaboradores da Bosch estão a trabalhar neste novo e promissor campo - mais 150 que há um ano. “Vemos a célula de combustível de óxido sólido altamente eficiente como um elemento essencial para um fornecimento de energia sustentável. Para isso, estamos a reunir a experiência da Bosch em várias divisões”, afirma o Dr. Christian Fischer, membro do conselho administrativo da Bosch responsável pelo setor de negócios de Energia e Tecnologia de Edifícios. “Com sistemas estacionários de células de combustível, a Bosch está a estabelecer um novo campo de negócios no qual desenvolvimento, fabricação, vendas e serviços vêm de uma única fonte”, continuou Fischer. “Junto com o nosso parceiro Ceres Power, estamos a dar o próximo passo em direção à produção em grande escala.”

Bosch reforça aliança com Ceres Power

Desde agosto de 2018, a Bosch e a Ceres Power têm colaborado com sucesso na área de célula de combustível e desenvolvimento de pilha de célula de combustível. Já no outono de 2019, a Bosch conseguiu iniciar a produção de protótipos dos seus primeiros sistemas de células de combustível na Alemanha; em janeiro de 2020, adquiriu uma participação de cerca de 18% na empresa do Reino Unido. A aliança foi agora estendida para incluir as fases que conduzem à produção em grande escala em 2024. Os acordos especificam como a Bosch usará ainda mais a tecnologia do seu parceiro, Ceres Power. “Estamos orgulhosos de ter alcançado este marco em colaboração com o nosso importante parceiro Bosch. A combinação da tecnologia inovadora da Ceres com a experiência de fabricação da Bosch tornou possível criar sistemas de célula de combustível estacionários pioneiros que ajudarão a superar os desafios globais da transição energética”, disse Phil Caldwell, CEO da Ceres Power. “Estamos ansiosos para continuar a nossa estreita colaboração com a Bosch.”

Sistemas SOFC já são compatíveis com hidrogênio para o sistema de energia do futuro

A Ceres Power é líder no desenvolvimento de pilhas e células de combustível de óxido sólido inovadoras. A Bosch possui uma ampla licença de tecnologia da Ceres Power e fabrica células de combustível e pilhas internamente desde 2019. Fábricas piloto baseadas em células de combustível de óxido sólido já estão a ser testadas com sucesso em vários locais da Bosch. Os sistemas SOFC já podem ser operados com biogás ou gás natural ecologicamente correto - e são compatíveis com hidrogênio para o sistema de energia do futuro.

Para cidades e conurbações com altos requisitos de energia, os sistemas SOFC podem garantir suprimentos de energia sustentáveis com emissão zero de óxidos de nitrogênio, partículas e CO2. Com uma eficiência geral de mais de 85%, a célula de combustível de óxido sólido é claramente superior a qualquer outro conversor de energia. Como o Dr. Wilfried Kölscheid, responsável por células de combustível estacionárias na Bosch, explica: “Dependendo dos requisitos de fornecimento de energia, no futuro, qualquer número de estações com a mesma produção pode ser interconectado. Essa interconexão cria estações de energia virtuais que trabalham juntas para fornecer energia como e onde for necessária.”
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: