Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

O Problema do Cyberpunk 2077...

O Problema do Cyberpunk 2077...
Share it:
O Cyberpunk 2077 foi dos jogos mais esperados e que mais expectativas criou mas infelizmente em algumas plataformas não está a corresponder à realidade.
O Problema do Cyberpunk 2077...
Existem alguns bugs (erros) que estão a fazer com que o Cyberpunk 2077 esteja a ser muito criticado e por isso vamos aqui tentar explicar o que se passa.

O público não entende muito bem os bugs no software e, especialmente, os bugs nos jogos de ação AAA.

Quando as pessoas veem um bug esquisito no jogo, elas acham que o developper foi preguiçoso ou algo assim, porque é muito fácil de encontrar e “isso deve ser fácil de consertar”. 

No desenvolvimento de software, consertar um bug sozinho é realmente fácil, entretanto, consertar um bug de uma forma que não afete as outras partes do sistema é quase impossível. Portanto, consertar um bug pode causar outro (s) bug (s) ou, em alguma ocasião, "dar cabo" de todo o jogo. É por isso que tantos bugs óbvios não foram corrigidos no Cyberpunk.

Para o desenvolvimento de jogos, o problema é agravado porque os jogos são dinâmicos, especialmente os jogos de ação, que não podem atrasar de forma alguma. Eles podem diminuir a taxa de frames ou a resolução, mas a progressão do tempo deve permanecer constante. 

A PS4 tem apenas 8 GB de RAM GDDR5, um CPU de 8 núcleos de 1,6 GHz e uma GPU de 800 MHz. E quando estás a jogar um jogo aberto, 8 GB de GDDR5 devem conter todos os dados nos próximos 30 segundos porque não podes fazer upload de dados HD rápido o suficiente. Portanto, se está dirigir um carro, são muitos dados, além de uma infinidade de mecânicas de jogo que estão a funcionar em sincronia.

É por isso que a otimização se torna tão importante. Não há como executar uma infinidade de mecânicas de jogo e fidelidade gráfica por completo. Então, o developper de jogos aprende alguns truques. 

Se um jogador está a conduzir um carro é improvável que note a resolução textual ou pequenos adereços, portanto, o nível de detalhes gráficos está normalmente cai nestes pontos. Se um carro está se a aproximar-se de uma curva, então geralmente há uma mecânica que ajuda a dirigir para que o jogador não colida com a curva ou a parede, mas essa mecânica é ativada quando necessário. Portanto, muitas vezes torna-se um ato de equilíbrio, onde cada um dos itens acima está no meio de centenas de tarefas.

E todos os jogos AAA estão a tentar superar os jogos anteriores com o mesmo hardware e esse é o verdadeiro problema. 

O Cyberpunk  2077 olhou muito alto e, atualmente, várias mecânicas de jogo estão a cair e a falhar.

Quem trabalha no desenvolvimento sabe que por vezes quando se corrige um erro aparecem 3 ou 4 de seguida Trabalhar nessas condições é como jogar Tetris. Bugs continuam a aparecer. As coisas podem sempre piorar.

O Cyberpunk  2077 foi na ideia de que um novo lançamento ou sequência deve ser melhor e maior do que as anteriores, com as mesmas especificações de RAM, CPU e GPU. Portanto, um protótipo de jogo começa com um design inicial muito promissor e muitas boas ideias. Mas, uma vez que ele encontra um problema de implementação, e quase sempre acontece, muitos recursos excelentes podem ser reduzidos ou abandonados inteiramente, porque é uma porra de bugs em cluster, e o produto final acaba por não ficar muito bem.

O Cyberpunk não deveria ter sido lançado para a PS4 / Xbox One básica. Além de bugs, baixa resolução e taxa de frames, muitos aspetos do RPG estão subdesenvolvidos. 

Basicamente é um jogo que precisa mais de recursos do que a PS4 tem por exemplo e por isso é uq efunciona bem na PS5 mas não na PS4. 

"Enfiar" toda aquela mecânica de jogo em consolas antigas é complicado mas ainda há esperança de que eles eventualmente tenham o jogo equilibrado e otimizado, tal como aconteceu com Witcher 3 ...
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: