Total Pageviews

Blog Archive

Procura neste Blog

ITO-NeTthings. Com tecnologia do Blogger.

Blogs de Portugal

Nova 'etiqueta' de recrutamento online - Como preparar-me para uma entrevista?

Nova 'etiqueta' de recrutamento online - Como preparar-me para uma entrevista?
Share it:
EMPREGO: ENTREVISTA EM TEMPOS DE PANDEMIA, A NOVA ‘ETIQUETA’ DE RECRUTAMENTO ONLINE, 5 DICAS PARA UMA ENTREVISTA SEM ANSIEDADE
Nova 'etiqueta' de recrutamento online - Como preparar-me para uma entrevista?

Fui chamado para entrevista via Zoom, Teams, Skipe, Meet... o que posso fazer para causar a melhor impressão ao meu recrutador? Como cumprir a expetativas que o meu CV criou? Devo valorizar a minha apresentação? Como me devo preparar? O que é essencial? A ADECCO Portugal propõe um roadmap para se destacar numa entrevista de recrutamento online.


Os candidatos a uma vaga de trabalho têm hoje desafios acrescidos com a pandemia: um curriculum vitae (CV) elaborado de forma clara e objetiva, com um resumo de competências dirigido e oportuno, mantém-se como a regra de ouro para sobressair no escrutínio do recrutador e pode ditar o momento seguinte, o da entrevista. E se um candidato chegar a esta fase, é desejável cumprir expetativas criadas por um CV que se destacou da ‘pilha digital’ de ofertas.

A pandemia e o atual confinamento impuseram a exceção como norma: a entrevista ao candidato por via digital, mercê das múltiplas plataformas que o permitem atualmente. E assim surge toda uma nova etiqueta a cumprir numa entrevista online, que traz novos estímulos ao candidato e cuidados acrescidos para se distinguir perante o recrutador.

O conteúdo e os objetivos de uma entrevista presencial e online são idênticos, mas a forma muda, o comportamento também, pelo que a preparação do candidato tem outros quesitos que devem ser acautelados. Não apenas por se encontrar num ambiente pessoal, mas a distância causa efeitos psicológicos que influenciam comportamentos e podem fazer disparar ainda mais a ansiedade.

Para minimizar ao máximo os fatores que possam causar perturbação e ansiedade adicional ao candidato, a Adecco Portugal reuniu 5 dicas de orientação para um desfecho de sucesso numa entrevista online.

1. FAMILIARIZE-SE COM AS PLATAFORMAS DIGITAIS

Zoom, Microsoft Teams, Skype, Whatsapp, Google Meets: eis algumas das plataformas mais usadas para vídeo chamadas que se tornaram o normal na comunicação do mundo do trabalho durante a pandemia e a norma quando chega a hora da entrevista de recrutamento.

A contratação do candidato pode ou não supor o domínio destas plataformas como utilizador no exercício da função, mas se a entrevista decorre neste ambiente, há que ‘estudar’ os princípios básicos de utilização para que a dificuldade técnica não venha a constituir um fator de perturbação no decorrer da entrevista do candidato.

O ideal é procurar online como funciona e experimentar uma ligação com amigos de forma lúdica para ‘treinar’ com antecedência e familiarizar-se com a plataforma onde está marcada a entrevista. Aprenda como partilhar documentos, pode ser extremamente útil durante a entrevista se lhe for pedido para mostrar um trabalho realizado.

2. PREPARE O CENÁRIO DA ENTREVISTA E TESTE EQUIPAMENTO E SOFTWARE

Numa entrevista online, o recrutador entra na intimidade do seu lar através de vídeo chamada, onde há outros familiares, animais de estimação, ruídos externos mais difíceis de controlar.

Assim, deve experimentar com antecedência um lugar recatado, silencioso, com um fundo neutro e, fundamental, com boa ligação à internet. Algumas plataformas permitem a introdução de um fundo virtual que, salvo se for criteriosamente escolhido, não funciona favoravelmente. Não é a melhor opção. A alternativa é procurar ficar enquadrado por fundo o mais neutro possível, ou com pouca informação visual de fundo para não dispersar as atenções do entrevistador. Procure luz natural, evite luz artificial de teto e se tiver que recorrer a um candeeiro, não o faça incidir diretamente sobre o seu rosto, use luz artificial indireta.

Se ainda não tem, adquira uns auscultadores que irão ser um acessório fundamental. Tanto quanto a imagem, um bom som faz a diferença na hora de uma entrevista online.

Usando um computador ou um telemóvel, procure posicioná-los em linha reta com o seu rosto, de forma a enquadrar pelo menos a parte superior do tronco e o topo da cabeça (nunca posicionar abaixo ou acima da linha do rosto). Considere uma distância razoável do equipamento para não distorcer as suas feições. Se é uma pessoa que apoia a sua comunicação com as mãos, preveja que o enquadramento possa captar essa sua parte expressiva. Livros ou caixas para fazer altura, copos para apoiar o telemóvel... tudo é válido para chegar ao enquadramento correto.

O ideal é experimentar e montar o cenário com antecedência e verificar novamente a ligação à internet. Não se esqueça de ter à mão tudo o que possa necessitar (bloco, caneta, CV, óculos, etc.) evitando ter que interromper a entrevista para ir buscar algum elemento fundamental para o decorrer da conversa.

3. AS PRIMEIRAS IMPRESSÕES CONTINUAM A SER AS MAIS MARCANTES!

A primeira impressão numa entrevista online é a pontualidade. Entre na plataforma 10 minutos antes para fazer os últimos testes e aguarde autorização para entrar na ‘sala’ agendada.

Se fizer a ligação via computador, coloque o telefone em modo silencioso ou tenha o cuidado de bloquear chamadas, caso faça a ligação via telemóvel.

Desligue em qualquer dos equipamentos todos os fatores de distração: redes sociais, email, etc.

Assim que a ligação for estabelecida, à semelhança de uma entrevista presencial, mais de 90% de como o candidato é percecionado tem como base informações não-verbais, como a sua aparência e a sua linguagem corporal, que online está centrada no terço superior do seu corpo e é, pois, a essa parte que deve dar mais atenção. Geralmente, uma impressão será formada no primeiro minuto da entrevista.

Nada de exageros de maquilhagem, roupas adequadas para o trabalho ou organização mantêm-se, tal como numa entrevista presencial: logo, vista-se de forma inteligente e, acima de tudo, confortável.

Obrigatório: confirme a hora da entrevista, o nome e título da pessoa com quem se vai realizar a vídeo chamada.

4 – NOVA ETIQUETA ONLINE

Cumprir a etiqueta proforma de uma entrevista online requer atenção a alguns pontos:
  • Comunicação visual - Com o visual adequado e sem possibilidade de apertos de mão, de esperar que lhe peçam para sentar, a melhor arma é um sorriso sincero e uma atitude de escuta ativa. A simpatia discreta está agora centrada no seu rosto e no enquadramento que escolheu para se apresentar. Evite dispersar o olhar pela divisão: é importante construir um relacionamento com o seu entrevistador, então, certifique-se de o olhar nos olhos durante a entrevista. Em ambiente digital, com toda a atenção focada no seu rosto, o interlocutor também está mais recetivo à sua expressividade facial.
  • Comunicação verbal - Responda às perguntas num tom claro e preciso. Leve o seu tempo para perceber que está a responder à pergunta certa. Se não tiver a certeza, é melhor pedir esclarecimentos antes de tentar adivinhar o que está a ser questionado. Evite jargões, gírias ou insinuações impróprias. O seu objetivo é vender-se, mas não deve ser agressivo nem evasivo.
  • Fazer perguntas - Questionar mostra que está interessado no trabalho, a prestar atenção e preparado para a entrevista. Fazer as perguntas certas também irá ajudá-lo a decidir se o trabalho é o que está à procura e se realmente quer integrar a empresa. Mas esteja atento ao seu ritmo de discurso: fale de forma pausada, normalmente há algum delay nas vídeo chamadas, evite atrapalhar a comunicação verbal.

5 – ANTECIPAR O PROVÁVEL E PREPARAR-SE PARA O IMPROVÁVEL: O QUE NÃO MUDOU NAS ENTREVISTAS ONLINE
  • Reveja o seu CV - O seu currículo destacou-o entre os candidatos, levando-o à entrevista. Então, reveja-o bem para estar preparado para falar sobre todos os aspetos de sua carreira, formação e interesses pessoais. Certifique-se de que pode falar através de sua experiência e competências e consegue mostrar porque são estas relevantes para a vaga em questão.
  • Pesquise a empresa - Quanto mais souber sobre seu potencial empregador, maiores serão as hipóteses de conseguir o emprego. Conheça a história da empresa, os principais concorrentes, o seu papel na comunidade, os objetivos e valores organizacionais. Consulte também as redes sociais da empresa, porque podem fornecer informações mais detalhadas do que o site. Descubra se esta foi mencionada recentemente nos media, inclusive em publicações especializadas na área em questão, e se há notícias atuais que possam afetar o setor. Ter muita informação sobre o assunto irá melhorar a sua confiança, fornecendo-lhe perguntas e tópicos a discutir na altura.
  • Mostre que pode agregar valor - Na entrevista precisa de demonstrar o que pode trazer para a empresa, com o intuito de contribuir para agregar valor. Use exemplos de STAR (situação, tarefa, ação, resultado) para ilustrar as suas conquistas anteriores e explicar como a sua experiência pode beneficiar a organização.
  • Prepare respostas para perguntas baseadas em competências - Possivelmente, terá de demonstrar as suas competências com exemplos detalhados de como reagiu em determinadas situações. Algumas das perguntas mais comuns da entrevista incluem:
    • Dê-me um exemplo de quando teve de convencer as pessoas de que a sua ideia era a melhor.
    • Dê-me um exemplo de quando sentiu que estava fora de sua zona de conforto. Como lidou com isso?
    • Pode falar-me sobre alguns riscos que tenha tomado na sua vida pessoal ou profissional?
    • Dê-me um exemplo de quando teve de trabalhar sob uma grande pressão. Qual foi o resultado?
    • Como prioriza sua carga de trabalho?
  • Conheça seus pontos fortes - Entrevistas baseadas em pontos fortes têm como finalidade descobrir insights genuínos sobre as aptidões inatas dos candidatos. As perguntas numa entrevista deste género são abrangentes, uma vez que se destinam a avaliar os seus atributos pessoais. Os entrevistadores querem descobrir certos comportamentos, como a sua capacidade de trabalhar com os outros ou de resolver problemas.
  • Prepare-se para fazer perguntas - Vão perguntar-lhe no final de uma entrevista se tem alguma dúvida. Esta é uma grande oportunidade para impressionar e, além disso, descobrir mais sobre a empresa. Portanto, é essencial que prepare perguntas perspicazes que mostrem ao recrutador que fez o trabalho de casa. Evite fazer questões que repitam o que já foi abordado durante a entrevista. Bons tópicos a serem explorados incluem a visão e os valores da empresa, as oportunidades de formação e desenvolvimento existentes e a história do entrevistador com a empresa.
  • Espere o inesperado - Não se surpreenda se o entrevistador lhe fizer alguma pergunta surpresa, pois geralmente é um bom reflexo da sua personalidade e da sua capacidade de pensar. Encare a situação como um desafio e pense sobre as coisas de forma metódica e confiante. Demore o seu tempo a responder a perguntas inesperadas. Se necessário, repita a pergunta ao entrevistador para ter a certeza de que compreendeu, ganhando também tempo para formular a sua resposta.
Share it:

info

Post A Comment:

0 comments: